Banner

Assembleia Legislativa

Militares da Aeronáutica são homenageados pela Assembleia Legislativa

Imprimir
PDF

assembleia_aeronauticahomenageados

Por proposição do presidente do Legislativo Estadual, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), a Assembleia Legislativa promoveu nesta terça-feira (6), sessão solene em alusão ao Dia do Aviador e Força Aérea Brasileira (FAB), comemorado anualmente em 23 de outubro. A data marca os 77 anos da Aeronáutica no Brasil e 76 anos no Rio Grande do Norte.

"Hoje nos reunimos para prestar homenagens a homens e mulheres que dedicam suas vidas à aviação brasileira - civil e militar - transportando, vigiando, protegendo, combatendo, cortando os céus deste imenso Brasil", disse Ezequiel, ocasião em que também destacou o papel da FAB. "Esta Casa tem a honra e o dever em prestar homenagem à essa instituição, sempre presente nos momentos cruciais de nossa história. A importância da FAB para o progresso de nosso País e para a defesa de nossa soberania é algo que dificilmente poderíamos mensurar", acrescentou.

Na oportunidade, o parlamentar rendeu homenagens e agradecimentos a um grupo de militares com destacada atuação no Estado, dentre eles o Comandante da Ala 10 e da Guarnição de Aeronáutica de Natal, o Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros; o Diretor do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, Tenente-Coronel Engenheiro Fábio Andrade de Almeida; e o Tenente-Coronel Intendente Carlos José Rodrigues, Chefe do Grupamento de Apoio de Natal.

"Com tanta virtude e com tanto zelo, esses militares nos mostram que as aspirações e os anseios de um povo se transformam em um grande feito quando alimentados pela união, pela determinação e pela inesgotável força para prosseguir", enfatizou o presidente Ezequiel.

Em nome dos homenageados, o Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme relembrou a história da aviação brasileira e agradeceu a honraria conferida pela Assembleia Legislativa. "Ao comemorar o Dia do Aviador, o Poder Legislativo reveste-se de um valor todo especial. Agradecemos ao deputado Ezequiel Ferreira por esse momento, oportunidade para rememorarmos os feitos de Santos Dumont e enaltecermos a Força Aérea Brasileira na missão de defender, controlar e integrar nosso espaço aéreo", declarou.

Também participaram da sessão os deputados Hermano Morais (MDB), Nelter Queiroz (MDB), José Adecio (DEM), Marcia Maia (PSDB) e Getúlio Rego (DEM).

EdipoNatan_1950x300px

Comentários (0)

Campanha da Assembleia sobre Autismo leva pai a entender o problema do filho

Imprimir
PDF

assembleia_campanhaautismo

O motorista Rozinélio Matias vem há muitos anos sentindo-se angustiado pelo comportamento do filho de seis anos. A criança manifesta repentinos padrões de inquietação ou vai para o extremo oposto, a de cair em profunda introspecção com comportamentos repetitivos.

O comportamento saiu dos contornos familiares e atingiu a escola. Nos primeiros dias de aula do filho, Rozinélio foi chamado pela diretoria da escola, que lhe reportou uma série de comportamentos disfuncionais do filho. O motorista tinha certeza de que algo estava errado, só não sabia o que e nem como procurar ajuda, até ver a campanha do autismo. Levado pela peça publicitária que chama atenção dos sinais do transtorno, o pai procurou a Assembleia Legislativa e durante o seu relato, recebeu ajuda do poder legislativo e nesta segunda-feira (5) iniciou o tratamento do seu filho, Augusto.

"Há algumas semanas, um neurologista disse que meu filho tem vários sintomas que caracterizam certo grau de autismo. Eu nunca tinha ouvido falar nisso e ainda estava sem saber como agir. E então veio essa campanha e mudou tudo", explicou ele.

A campanha a que se refere é a nova ação institucional da Assembleia Legislativa e que foi lançada na semana passada. A campanha chama a atenção para a necessidade de intervenção precoce, pois quanto mais cedo o autismo for tratado, maiores as chances de uma melhor qualidade de vida.

Rozinélio soube da campanha através de uma reportagem que viu na televisão e o vídeo institucional. Ele conta que enxergou ali a oportunidade que lhe faltava. Mas as dificuldades estavam só começando.

"Eu estou desempregado e não tinha como vir aqui. Então pedi dinheiro emprestado. Agora espero conseguir respostas e uma forma de saber como tratar meu filho", revelou.

Sua cruzada por ajuda o levou à sede da Assembleia Legislativa, onde ele foi recebido por Helga Torquato, psicóloga da Casa e que tem participado das ações técnicas da campanha. O filho do senhor Rozinélio Matias será atendido pela fonoaudióloga da Casa e após diagnóstico será encaminhado ao atendimento especialista.

"Eu fiquei muito contente em saber que posso fazer mais por meu filho. Vir aqui entender exatamente o que é que ele tem e poder até traçar uma forma de ajudá-lo. Nem tenho palavras para descrever minha gratidão", disse com a voz embargada o motorista desempregado.

EdipoNatan_1950x300px

Comentários (0)

Artesanato e comidas de Nísia Floresta são temas de exposição na Assembleia

Imprimir
PDF

assembleia_exposicaoniziafloresta

O artesanato e as comidas regionais de Nísia Floresta são temas de exposição, nesta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa.

Eventos dessa natureza vêm sendo reforçados pela Assembleia Legislativa para promover os municípios. "É um evento voltado para os servidores e para promover nossas potencialidades. Tudo está sendo realizado em uma parceria dos restaurantes e hotéis e a associação", destacou o presidente da Aspol, Carlos Gomes.

Na mostra desta quinta, chamam a atenção iguarias como o camarão e caranguejo do Olavo, músico local e artesanato de bilro ao vivo.

O evento vai acontecer das 9h às 11h30 no restaurante da Assembleia Legislativa.

EdipoNatan_1950x300px

Comentários (0)

Dia do Aviador será lembrado em sessão solene nesta terça-feira

Imprimir
PDF

assembleia_ezequielaviador

O Dia do Aviador, criado em 23 de outubro de 1936 em homenagem ao primeiro voo da história, terá homenagem da Assembleia Legislativa. A data foi instituída há 112 anos marcando o feito histórico do brasileiro Santos Dumont e a sessão solene nesta terça-feira (6), às 9h, é uma iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

"A aviação tem forte impacto histórico no Rio Grande do Norte. Os pilotos que aqui são treinados incorporam o espírito daqueles que estiveram no teatro de operações durante a 2ª Grande Guerra e cunharam a expressão: Senta a púa. Que nas palavras de Austragésilo de Athayde: Sentar a Púa é lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar a púa não tergiversa. Assim nossos pilotos são forjados para o combate", disse Ezequiel Ferreira.

Aqui no Rio Grande do Norte, a Base Aérea de Natal com a nova concepção estratégica da FAB, passou a denominar-se Ala 10, organização militar voltada para a área operacional, com responsabilidade focada tanto nas atividades de preparo quanto nas ações de emprego da Força, quando assim for determinado. É hoje comandada pelo Brigadeiro do Ar, Luiz Guilherme Silveira de Medeiros, que também é Comandante da Guarnição de Aeronáutica de Natal, por ser a maior autoridade da Força Aérea em solo potiguar.

Foi em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, que a Força Aérea Brasileira (FAB) teve seu batismo de fogo. A partir da junção de equipamentos aéreos e pessoal da Marinha, do Exército e do então Departamento de Aviação Civil (DAC), instituiu-se o Ministério da Aeronáutica, que teve na FAB seu braço armado.

A Base Aérea de Natal, atualmente Ala 10, foi criada em 1942, durante o governo de Getúlio Vargas e ganhou um espaço na história durante a Segunda Guerra Mundial. Em novembro do mesmo ano, passaram a conviver no mesmo aeródromo, em "Parnamirim Field", duas bases aéreas. A brasileira, localizada no Setor Oeste do aeródromo, e a americana, no Setor Leste, conhecida como "Trampolim da Vitória", assim chamado por ser ponto obrigatório de passagem das aeronaves aliadas que se destinavam ao Teatro de Operações da África e da Europa.

Passada a participação em combates nos céus da Itália, ao lado das Forças Aliadas, a FAB tem hoje a missão de manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas à defesa da pátria. Ao defender o Brasil, previne e impede a prática de atos hostis ou contrários aos interesses do país. Atua dia e noite para integrar o território nacional, cobrindo seus 12 milhões de quilômetros quadrados. E não envida esforços para controlar o espaço aéreo brasileiro, correspondente a 22 milhões de quilômetros quadrados, desde as fronteiras com os demais países da América do Sul a Leste, até o limite das águas internacionais a Oeste.

EdipoNatan_1950x300px

Comentários (0)

Sancionada lei que derruba terceiro dígito no preço de combustíveis no RN

Imprimir
PDF

assembleia_leiterceirodigitocombustivel

O consumidor potiguar deverá experimentar um impacto positivo nos gastos com combustível em razão de lei aprovada na Assembleia Legislativa e sancionada pelo Governo do Estado. De autoria do deputado Gustavo Fernandes (PSDB), o dispositivo impede a fixação de terceiro dígito na casa decimal dos centavos sobre o preço da gasolina praticado nas bombas de combustíveis.

Para ilustrar com um exemplo, um posto de combustível que tenha litro da gasolina fixado em R$ 4,449 teria que retirar a última casa decimal, para R$ 4,44. O impacto financeiro seria o seguinte: um tanque de 50 litros custaria R$ 222,45 no primeiro caso e R$ 222 no segundo. Em um ano, a economia poderia chegar a R$ 20.

"Não se pratica terceiro dígito em nenhuma outra mercadoria. Por que precisamos ter esse modelo para combustíveis, um bem tão essencial ao consumidor? A resposta é que não precisamos. Essa lei traz mais transparência para o consumidor e, apesar de pequena, gera economia", defendeu o deputado Gustavo Fernandes.

O padrão atual remonta à década de 1990, quando foi decidido pelos três dígitos como forma de melhor absorver o processo de produção, distribuição e venda dos combustíveis. A partir da sanção da lei, em 26 de junho, o dispositivo passa a valer no Rio Grande do Norte dentro de 90 dias.

EdipoNatan_1950x300px

Comentários (0)