Banner
26
Set

0b9a00d79dcfb72b4616c61d46394d9a

Homenagear os cem anos de criação da Escola de Comércio de Natal. Esse foi o objetivo da sessão solene promovida pela Assembleia Legislativa, através do mandato do deputado George Soares (PL), na tarde desta quinta-feira (26), no Plenário da Casa.

"Nossa Escola de Comércio foi uma instituição fundamental na formação de inúmeras gerações de profissionais da contabilidade e do comércio do RN. Além disso, ela representou, a partir de 1917, uma verdadeira revolução educacional, com reflexos fundamentais na própria economia do Rio Grande do Norte", destacou George Soares.

O parlamentar lembrou que, antes da Escola, a formação técnica dos contabilistas potiguares era realizada em capitais, como Recife e Salvador, fato que limitava o surgimento de novos profissionais, diante dos elevados custos que isso representava para as famílias, mesmo as de boas condições financeiras.

O Legislativo fez ainda um reconhecimento à vida e à obra do principal criador da Escola de Comércio de Natal, Ulysses Celestino de Góis.

"Ulysses de Góis foi uma das figuras mais emblemáticas do nosso estado no século 20. Foi professor, contabilista, servidor público, cooperativista, jornalista, escritor, sindicalista, líder em tudo que fez. Ele foi também o educador visionário que criou, em 1919, a Escola de Comércio de Natal, fez nascer em 1957 a Faculdade de Ciências Contábeis e Atuariais de Natal e, ainda, foi um dos fundadores do Conselho Estadual de Educação e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte", frisou o deputado.

Ainda de acordo com o parlamentar, Ulysses Celestino de Góis foi um dos pioneiros no cooperativismo potiguar ao criar, em 1926, a Caixa Rural Operária de Natal. Além disso, em 1946 ele fundou o Sindicato dos Contabilistas e foi seu primeiro presidente. No fim da vida, em 1988, ainda fundou a Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis.

Falando em nome dos homenageados, Jânea Maria de Souza começou seu discurso contando sua história como aluna da Escola de Comércio. "Após a conclusão nós fomos galgar nosso sucesso, mas as amizades continuam. Uns partiram, mas os outros continuam contribuindo para o engrandecimento do nosso Estado", disse, emocionada.

Agradecendo o legado deixado pelo professor Ulysses de Góis à Contabilidade brasileira, Jânea de Souza lamentou a extinção da Escola de Comércio. "É muito triste que a escola tenha sido sucateada e transformada em outras unidades. Mas ainda há esperança. Seria interessante criarmos na Ribeira uma escola que siga o exemplo e seja produtiva para os jovens potiguares, principalmente os que ficam por ali, soltos e sem esperança", sugeriu.

Jucileide Ferreira Leitão, presidente da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis, homenageou os professores, funcionários e alunos à época da fundação da Escola de Comércio de Natal. "A contabilidade potiguar, hoje representada por mais de dez mil profissionais, tem muito a agradecer pela criação da Escola de Comércio. Por isso, nada mais justo que prestarmos todas as homenagens aos primeiros professores, funcionários e alunos, que deram vida à instituição", enfatizou.

A respeito do professor Ulysses de Góis, a presidente disse que "ele é a luz da Contabilidade brasileira". "Hoje não temos placas que celebrem os feitos de Ulysses, mas isso não é necessário. O que importa para nós são os exemplos de ser humano e profissional deixados por ele", concluiu.

Homenageados

Antônio Capistrano

Arquibaldo Barbosa

Carlos Rosalvo de Oliveira Serrano

Dijosete Veríssimo da Costa

Ivanildo Alves Messias

Ivanilson Pessoa de Medeiros

Jânea Maria de Souza

José Jeová Soares

Manoel Corsino Filho (In Memoriam)

Ulysses Celestino de Góis (In Memoriam)

banersaomiguel

Comentários (0)
26
Set

Dr._Glaydson_Soares_ao_centro_com_parte_da_nova_diretoria

A Associação Norte-riograndense dos Advogados Trabalhistas (ANATRA) elegeu nesta terça-feira (24) sua nova diretoria. A chapa "Força e União" venceu a eleição, com a diferença de apenas três votos. O advogado trabalhista Glaydson Soares foi eleito presidente para comandar a instituição no triênio 2019-2022 e Renato Rodrigues será o vice-presidente.

"A nossa militância e atuação em defesa da advocacia trabalhista foi reconhecida pelos colegas. Agora vamos buscar fortalecer ainda mais a ANATRA para dar continuidade ao trabalho de fortalecimento da entidade", disse Glaydson Soares.

A Chapa "Força e União" obteve 34 votos contra 31 votos da chapa "Unidos para Avançar". A eleição ocorreu na sala da ANATRA, que fica instalada na sede da OAB-RN, em Natal.

Nova diretoria eleita:

Presidente – Glaydson Soares Silva

Vice-Presidente – Renato André Mendonça Rodrigues

Secretário-Geral – Simone Leite Dantas

Secretário-Geral Adjunto – Klevelando Augusto Silva dos Santos

Tesoureiro – João da Cruz Fonseca Santos

Tesoureiro Adjunto – Marcílio Mesquita de Góes

Conselho Fiscal: Eliane Maria Amâncio Lemos de Brito; Valéria Carvalho de Lucena e Edvaldo Sebastião Bandeira Leite

Conselho Fiscal suplente: Hadassa Carlos Maia Araújo, Rafael Diniz Andrade Cavalcante e José Lopes da Silva Neto

Representante da ABRAT - José Estrela Martins

banner_odontopremium

Comentários (0)
26
Set

banco-do-nordeste_logo

Gerar a própria energia de forma limpa e sustentável, contribuir com o meio ambiente e economizar na conta com a concessionária já são realidades pra muitos micro e pequenos empreendimentos da Região Nordeste e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. O Banco do Nordeste oferece crédito para financiar até 100% dos sistemas de micro e minigeração distribuída de energia, a partir de fontes renováveis, para esses públicos.

Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), operado exclusivamente pelo BNB, disponibilizado a empresas dos setores de comércio e serviços, indústrias e agroindústrias.

As taxas da linha FNE Sol estão a partir de 4,1% ao ano (ou 0,33% ao mês), com prazos de pagamento de até 12 anos e carência de até seis meses sobre o principal. O Banco do Nordeste também financia a instalação dos equipamentos, que podem, inclusive, serem dados como garantia da operação.

Em 2019, o BNB já contratou mais de R$ 70 milhões para micro e pequenos empresas gerarem a própria energia, valor 116,5% maior do que no mesmo período do ano passado. São cerca de 450 operações contratadas, acréscimo de 83,1% em relação a 2018.

No Rio Grande do Norte, até agosto de 2019, foram quase R$ 6 milhões aplicados no segmento, alta de 16% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Uma das empresas que contratou o FNE Sol foi a Pousada Porto Belo, em Caicó. Com a instalação dos painéis solares no estacionamento de uma das unidades, o proprietário Tarcísio Melo reduziu a conta de energia em mais de 95% e já tem acúmulo de créditos com a distribuidora.

"Eu percebi que energia solar era uma daquelas coisas que se você não tiver, você fica para trás. Já sabia que o Banco do Nordeste trabalhava com essa linha de crédito, então fui conhecer. O resultado foi tão bom que já implantei outra geradora com recursos próprios. Energia solar já é realidade", contou o empresário.

banersaomiguel

 

Comentários (0)
26
Set

WhatsApp-Image-2019-09-26-at-15.55.07-1-300x200

Com o intuito de apresentar as principais demandas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o reitor José Daniel Diniz Melo se reuniu com representantes da Bancada Federal do estado na tarde desta quinta-feira, 26, na Reitoria. Na ocasião, foram mostrados projetos da instituição de ensino que têm impacto direto no desenvolvimento socioeconômico da população potiguar.

O reitor Daniel Diniz mostrou diversas ações da UFRN que necessitam de apoio financeiro da Bancada Federal, por meio de emendas parlamentares, a exemplo do prédio da Escola Multicampi de Ciências Médicas do RN (EMCM-UFRN) e da expansão do Parque Tecnológico Metrópole Digital. "São projetos que vão além da universidade, visto que contribuem para o desenvolvimento do estado, com a oferta de vagas de emprego, fomento da economia e melhores condições para a saúde pública no interior do RN", explicou.

Representando a Bancada Federal, o deputado Rafael Motta colocou seu mandato à disposição da universidade, com as emendas parlamentares e no diálogo junto ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília. "No contexto atual de desemprego é prioritário para apoiar ações que promovam a geração de empregos qualificados, seja na área tecnológica ou na saúde".

brenobannernovo

Comentários (0)
26
Set

Arquivo_Mostra_de_Cinema_de_Gostoso_4

Inscrições para o Gostoso Lab foram prorrogadas até o dia 29 de setembro. Organizado pela Mostra de Cinema de Gostoso e o BrLab, o projeto trata-se de um laboratório, em fase de desenvolvimento, de longa-metragem no Estado do Rio Grande do Norte. Os documentos deverão ser enviados através do formulário online, preenchido até a data limite de inscrição. Os projetos serão recebidos digitalmente através do formulário online no site www.mostradecinemadegostoso.com.br

Serão selecionados quatro projetos de longa-metragem de ficção ou documentário para participar do laboratório. As atividades de consultoria vão ocorrer durante a realização da 6ª Mostra de Cinema de Gostoso, na cidade de São Miguel do Gostoso (RN), no período de 08 a 12 de novembro de 2019. O Gostoso Lab será um espaço voltado à reflexão e análise de projetos para o desenvolvimento e intercâmbio criativo de ideias e configura-se como um espaço de discussão coletiva, em torno do argumento, da narrativa, da realização, da produção e da distribuição de um longa-metragem.

Os participantes terão oportunidade de trabalhar sob orientação e em interlocução com profissionais renomados da indústria audiovisual brasileira, sob tutoria da produtora Daniela Aun, da roteirista Fernanda De Capua, do diretor Marcelo Lordello e do produtor e diretor do BrLab, Rafael Sampaio, responsável pela coordenação pedagógica. Ao longo dos quatro primeiros dias, os representantes dos projetos selecionados participarão de intensas atividades de discussão, através de consultorias individuais, sessões coletivas e de uma programação que contará com palestras e encontros com profissionais presentes à 6ª Mostra de Cinema de Gostoso. No quinto dia pela manhã, os projetos serão apresentados em formato de pitch para convidados, antes da conclusão do laboratório. As atividades visam apresentar um panorama do cenário brasileiro e internacional da produção audiovisual, e oferecer ferramentas para que os projetos de longa-metragem sejam melhor desenvolvidos e potencializados em seus diferentes aspectos fundamentais como roteiro, direção, produção e distribuição.

A lista dos selecionados será divulgada até o dia 04 de outubro de 2019. Os responsáveis serão contatados pela organização do laboratório e deverão, desde a inscrição, estar disponíveis para participar integralmente das atividades em São Miguel do Gostoso (RN) no período de 08 a 12 de novembro.

Projeto desenvolvido pela Klaxon Cultura Audiovisual, o BrLab acontece anualmente desde 2011 e é destinado a futuros filmes em fase de desenvolvimento de roteiro, planejamento comercial e de produção. Atualmente, é o único laboratório de desenvolvimento de projetos audiovisuais no Brasil que recebe projetos de todas as regiões do país, de toda a América Latina, Península Ibérica e pela primeira vez também da Itália. Através de uma convocatória pública, são selecionados diretores e produtores de onze projetos, que recebem bolsas para participar de diferentes atividades durante o laboratório, além de receberem consultorias individuais de renomados consultores do Brasil e do mundo.

banersaomiguel

Comentários (0)
26
Set

Atitude_Cooperao_recebe_homenagem_na_Cmara

Reconhecimento. Nesta quinta-feira (26), a presidente da Atitude Cooperação e diretora executiva da Unimed Natal, Dra. Maria do Perpétuo, junto com a vice-presidente e também diretora da cooperativa, Dra. Giana da Escóssia e o coordenador geral da instituição, Ewerton Cortez, participaram de uma solenidade na Câmara dos Vereadores de Natal.

Na ocasião, receberam da vereadora Júlia Arruda, o diploma pela contribuição da Atitude Cooperação na conscientização sobre o câncer infantojuvenil. "Sabemos que o diagnóstico precoce é fundamental para a cura da doença, por isso buscamos cumprir o nosso papel para promover a saúde reduzindo os índices de mortalidade pelo câncer em crianças e adolescentes", destacou a Dra. Perpétuo.

Atitude Cooperação

A Atitude Cooperação é a instituição criada pela Unimed Natal há 13 anos, orientada pelos princípios da Responsabilidade Social das empresas. Está localizada no bairro Felipe Camarão, em Natal, no qual são desenvolvidas diversas ações socioassistenciais à comunidade da Zona Oeste. Entre as iniciativas estão oficinas de música, teatro, aulas de informática e de esportes. Atualmente, cerca de 1500 crianças e adolescentes recebem os serviços gratuitos. Uma forma de gerar crescimento sustentável e de transformar vidas através de parcerias e do voluntariado.

banner_carloschagas

Comentários (0)
25
Set

Deputado_Tomba_Farias.jpg02

Em reunião realizada nesta quarta-feira, 25, na Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa do RN, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) questionou o fato de o Proedi ter sido criado através de decreto, enquanto o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte, o antigo Proadi, ter sido estabelecido através de projeto de lei. Tomba diz que é a favor da geração de emprego e renda e da captação de investimentos, mas observa que o decreto do governo Fátima Bezerra (PT) que cria o Proedi transfere a "conta" para os municípios.

"A governadora não pode dar incentivo com um recurso que não pertence ao estado, e sim aos municípios", argumenta Tomba.

Destacando que antes o benefício para o fomento industrial era concedido sobre os 75% do ICMS pertencentes ao Estado, Tomba diz o decreto assinado pela governadora agora atinge os 25% do repasse destinado aos municípios.

O parlamentar, que é presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização, alerta ainda que algumas cidades do interior não dispõem de infraestrutura para receber determinados tipos de indústrias. "Em Santa Cruz, por exemplo, há escassez de água. Como uma indústria vai se estabelecer sem água?", questiona.

Com o Proedi defendido pelo governo a arrecadação nominal diminuirá e isso repercutirá negativamente no valor repassado aos municípios. Estima-se que os 167 municípios tenham uma perda de R$ 82,7 milhões ao ano.

Tomba_Comisses

banersaomiguel

Comentários (0)
25
Set

ENCONTRO-CATEDRAL-001

Representantes da Prefeitura de Santa Cruz e da Paróquia de Santa Rita de Cássia foram apresentados ao projeto da empresa Catedral Viagens e como ela pretende atrair peregrinos e turistas para a cidade.

Em encontro realizado na manhã nesta segunda-feira (23), o diretor-presidente da empresa, Claudemir Carvalho, mostrou a Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante e Natal, o projeto de comercializar o Rio Grande do Norte como destino turístico religioso para o Brasil.

A Catedral Viagens é hoje uma das principais empresas especializadas em comercializar destinos turísticos religiosos nacionais e se interessou em vender o estado graças a Santa Cruz e o Santuário de Santa Rita de Cássia.

Nesse intuito, a empresa montou um roteiro com destinos potiguares e já começou a comercializá-los. O roteiro tem como foco principal a vinda para Santa Cruz e ao Santuário de Santa Rita de Cássia, além de visitação a São Gonçalo do Amarante e Canguaretama, cidades dos Mártires do RN, e a capital Natal, com suas igrejas.

O encontro apresentou o projeto e pediu ajuda às Paróquias, para acolhida aos romeiros e estrutura necessária para que os turistas visitem e conheçam a história religiosa dos municípios.

De Santa Cruz, participaram do encontro o prefeito Ivanildinho, o pároco de Santa Rita de Cássia, Pe. Vicente Fernandes e a secretária de Turismo, Marcela Pessoa. Todos avaliaram positivamente o encontro e colocaram as estruturas da Prefeitura e da Paróquia a disposição da empresa para atrair cada vez mais turistas para conhecer Santa Cruz e seus atrativos.

Em breve, Santa Cruz vai receber uma equipe da TV Aparecida, que vem gravar diversos materiais promocionais sobre a cidade para veiculação nacional, além dos primeiros grupos de turistas que devem chegar ainda este ano, já que o destino turístico local já está sendo comercializado pela empresa.

ENCONTRO-CATEDRAL-002

banner_odontopremium

Comentários (0)
25
Set

UFRN-Reitoria-191-750x500

As instituições federais de ensino superior do Rio Grande do Norte ampliaram em 103% gastos com cartões corporativos ao longo de 2019. Até agosto, as unidades federais já consumiram R$ 880 mil, o que representa o dobro do que foi gasto no mesmo período 2018, com um total de R$ 433 mil.

Do valor gasto ao longo deste ano, as compras de passagens aéreas lideram o uso do cartão corporativo nas instituições no Rio Grande do Norte, com R$ 849 mil. Os demais gastos, R$ 31,2 mil, foram utilizados para o uso de servidores em supermercados, lojas de material construção, lojas de variedades, papelarias, livrarias e até restaurantes.

O uso dos cartões corporativos pelo governo federal é regulamentado pela lei federal 5.355/2005. A iniciativa visa atender a despesas de pequeno vulto, custear despesas eventuais, inclusive em viagens e com serviços especiais, que exijam pronto pagamento e, por fim, servir para pagar custos de caráter sigiloso. Não há um limite para a quantidade de compras, mas o valor máximo para o gasto unitário é variável: serviços têm teto de R$ 8 mil e para obras de engenharia, R$ 15 mil.

Os dados foram obtidos pelo Agora RN ao analisar o Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União (CGU). A recordista em despesas com o cartão é a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A instituição já gastou R$ 746 mil até agosto deste ano. A maior parcela foi utilizada para o pagamento de passagens aéreas, com R$ 712 mil.

No entanto, chama atenção o uso do cartão corporativo para pequenas compras. Há gastos que variam de R$ 8,80 em uma loja de material de construção a até R$ 65,44 pagos de um almoço feito em um restaurante.

Cinco servidores da UFRN utilizaram o cartão em 2019. A liderança da gastança foi uma servidora do Centro de Ciências da Saúde, lotada no curso de nutrição, que gastou R$ 11 mil.

Ainda de acordo com os dados da CGU, a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) ficou em segundo lugar com os gastos com o cartão em 2019. Foram utilizados R$ 124 mil pela instituição. A universidade, por sinal, registrou a menor compra entre as instituições em 2019. Uma servidora técnica-administrativa fez a aquisição de R$ 2,68 em loja de material de construção de Mossoró.

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) utilizou R$ 9 mil em gastos com o cartão. Todo o valor foi utilizado para a compra de passagens aéreas.

Com informações do Agora RN

carto_bem_estar

Comentários (0)
25
Set

ATO-FEMURN-001

O prefeito Ivanildinho, além de mais 100 prefeitos potiguares, participou na manhã desta terça-feira (24), na Governadoria, de um ato de protesto contra a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), ocorrido após o decreto 29030/2019 do Governo do Estado. O documento proporciona a renúncia de valores do ICMS que são repassados aos municípios, agravando, ainda mais, a situação financeira dos entes municipais.

A expectativa preocupante da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) é de que a redução no repasse do Imposto, sem uma imediata e devida compensação, gere impactos nos cofres dos Municípios, inviabilizando contrapartidas e parcerias administrativas dos municípios com o Estado, que já estão incorporadas no cotidiano da vida dos seus munícipes.

Os incentivos são importantes para a manutenção e geração dos empregos e desenvolvimento industrial do Estado, mas os Municípios não podem ser penalizados com qualquer retirada de recursos sem uma automática compensação financeira. Tal medida pode ter efeito contrário, agravando ainda mais a crise e desempregando mais pessoas pelo interior do Estado.

Os gestores municipais ponderam a iniciativa do Governo e a importância das políticas de geração de emprego e renda, através do seguimento industrial, mas cobram uma medida paralela e compensatória para não sacrificar os municípios potiguares.

Durante o encontro, uma comissão de prefeitos foi recebida pela governadora Fátima Bezerra, e secretários estaduais, que debateram o tema. O Executivo Estadual reforçou o apelo da conclusão dos 30 dias, anteriormente pedidos. O prazo irá até o próximo dia 11 de outubro, quando se terá uma definição mais clara sobre o tema. Os gestores municipais acataram o pedido para aguardar o término do prazo e esperam que no próximo encontro a solução da demanda seja apresentada, através de uma proposta alternativa compensatória financeiramente.

O prefeito Ivanildinho afirma que espera uma solução viável para que as prefeituras não tenham perdas, caso contrário, a população dos municípios, especialmente do interior, serão as mais prejudicadas, se o decreto for efetivado sem que os municípios sejam compensados.

ATO-FEMURN-002

banersaomiguel

Comentários (0)