Banner

Local

REFIS 2019 permite que contribuintes de Santa Cruz resolvam pendências com IPTU e outros tributos com condições especiais

Imprimir
PDF

logo-refis

A Prefeitura de Santa Cruz deu início nesta segunda-feira (26) ao REFIS 2019, período que possibilita aos contribuintes resolverem pendências referentes ao IPTU e outros tributos municipais.

Esta ação é desenvolvida pela secretaria municipal de Tributação e Arrecadação e segue até o próximo dia 30 de setembro.

Na prática, o REFIS é desenvolvido com os técnicos da Tributação atendendo de forma especial os contribuintes que tenham algum tipo de pendência relacionada ao Imposto Predial e Território Urbano (IPTU), bem como, demais tributos municipais, que poderão também ser regularizados, como: ISS, alvará de funcionamento, alvará de taxista e moto-taxista.

Contribuintes que estão, por exemplo, com o IPTU deste ano em aberto, não conseguiram quitá-lo, poderão fazer isso, com possibilidade de parcelar, dependendo do valor, em até cinco vezes, e ainda obter 80% de desconto sobre juros e multas.

Essa possibilidade de negociação não é exclusiva apenas ao IPTU deste ano. Contribuintes com débitos de anos anteriores também poderão se beneficiar desta ação.

As pessoas ou empresas que se enquadram nessa situação, podem se dirigir até a secretaria de Tributação e Arrecadação, que funciona no Centro de Administrativo, antigo PETI, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Na sexta-feira, excepcionalmente, o horário é das 8h às 12 horas.

O REFIS 2019, além de oferecer uma ótima oportunidade aos contribuintes, possibilita que o município melhore os seus índices da arrecadação, numa época em que as previsões de repasses são desanimadoras.

carto_bem_estar

Comentários (0)

Adolescente é morta na zona rural de Santa Cruz e Polícia Civil investiga se tiro foi acidental

Imprimir
PDF

plantaopolicial-ok

Uma adolescente de 16 anos, identificada como Jamile Silva Souza, morreu ao levar um tiro de espingarda na noite desta segunda-feita (26) no Sítio Cacaruaba, na zona rural de Santa Cruz, região Agreste potiguar. Segundo a Polícia Civil, apenas um irmão da vítima, um menino que tem 11 ou 12 anos, estaria em casa no momento do disparo.

Delegado regional de Santa Cruz, Jaime Groff disse ao G1 que as informações que se têm até o momento são preliminares, e que a família da adolescente deverá ser ouvida ainda nesta terça (27). "Vamos intimar os pais dela, que disseram que estavam no hospital quando a filha levou o tiro, e também vamos ouvir o irmão da garota", revelou.

Ainda de acordo com o delegado, "vizinhos disseram à Polícia Militar que o garoto estava manuseando a arma, uma espingarda de caça de fabricação caseira, quando ela disparou. Mas, também teriam dito que o menino nega essa versão, e que alguém teria entrado na casa e atirado na irmã dele. Por isso precisamos ouvir todo mundo para podermos esclarecer o que de fato aconteceu", ressaltou Groff.

"Até mesmo a arma que foi apreendida, ainda precisamos ter certeza se ela pertence mesmo aos pais da menina e se foi dela que partiu o disparo. Acreditamos que sim, porque os PMs relataram que deu pra sentir um cheiro forte de pólvora, mas é preciso que a perícia confirme", acrescentou.

Com informações do G1

brenobannernovo

Comentários (0)

Prefeitura de Santa Cruz inicia trabalho de recuperação das estradas na zona rural do município

Imprimir
PDF

RECUPERAO-ESTRADAS

A Prefeitura de Santa Cruz, iniciou na semana passada, o trabalho de recuperação das estradas vicinais em toda zona rural do município.

A ação começou nas comunidades Mangangá e Açude do Alívio, e seguirá nos próximos dias por Fazenda Feijão, Catolé de Cima, Serra Bonita, Boqueirãozinho, Angicos, Pitomba, São Joaquim, Boa Vista e Chaves Bela.

A partir desta segunda-feira (26) outra máquina foi colocada para fazer o mesmo serviço em outro setor da zona rural, começando por Bonsucesso, Riacho Salgado e comunidades vizinhas.

Com o município em dificuldades financeiras, o trabalho será feito nas estradas principais das comunidades rurais, as que passam transportes essenciais como de estudantes, caminhões-pipa e caminhões que escoam produção da zona rural. Esta ação irá melhorar significativamente a trafegabilidade para o homem do campo.

Segundo o prefeito Ivanildinho, a ação atende a um pleito dos agricultores e é realizada pensando na melhoria da qualidade de vida daqueles que utilizam as estradas para locomoção diária. O prefeito lembrou que essa etapa é para realizar obras nas estradas principais, que cortam toda zona rural do município.

De acordo com a secretaria municipal de Agricultura, a ação deverá ser realizada em cerca de 40 dias. Serão recuperados cerca de 200 quilômetros de estradas na zona rural de Santa Cruz.

brenobannernovo

Comentários (0)

Secretários municipais traçam estratégias para execução do projeto de coleta seletiva do lixo e ações educativas

Imprimir
PDF

REUNIAO-COLETA-002

A coleta seletiva do lixo produzido pela população santa-cruzense foi o principal tema debatido por secretários de diversas áreas da administração pública municipal em encontro realizado, na tarde desta segunda-feira (26), na sala de reuniões da Prefeitura de Santa Cruz. A reunião também contou com um representante do Poder Legislativo municipal, o vereador Marco Celito.

A capital do Trairi está prestes a contar com um aterro controlado e um galpão de coleta seletiva, obra importante e que irá acabar o lixão a céu aberto no bairro Paraíso. O encontro desta segunda-feira (26), serviu justamente para que os gestores deliberassem sobre o funcionamento e gestão desses dois novos equipamentos.

A ideia da gestão municipal é assessorar os cerca de 28 catadores que atuam no lixão e que foram cadastrados para que eles possam se organizar em forma de cooperativa e assumir a administração do galpão de coleta. Já o material que não serve para reciclagem, fruto da coleta regular nas casas dos populares, será destinado pela Prefeitura para o aterro controlado.

Um evento de lançamento está sendo preparado para apresentar para a população as ações que município pretende colocar em prática objetivando fomentar a coleta seletiva no município, sobretudo, no que diz respeito ao trabalho educativo que a gestão pretende executar em busca de um maior engajamento da população.

O trabalho de coleta seletiva do lixo faz parte do Plano Municipal de Gestão Integrada e Resíduos Sólidos, aprovado em 2017 na gestão da então prefeita Fernanda Costa, e evidencia a preocupação que a gestão municipal tem com o meio ambiente, além de promover condições dignas e seguras aos trabalhadores que atuam com material reciclável.

Estiveram presentes no encontro desta segunda-feira (26) os seguintes secretários: Dayse Martins (Assistência Social), Francisco Nogueira (Transportes e Obras Públicas), Eduardo Medeiros (Agricultura), Jackson Jaedyson (Esportes e Lazer), Marcela Pessoa (Turismo), Myllena Ferreira (Saúde) e Suelen Bulhões (Educação).

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)

Com parceria da Prefeitura, Santa Cruz sedia encontro promovido pelo Governo do Estado para elaboração de planos municipais de assistência social de municípios da região

Imprimir
PDF

ENCONTRO-PLANO-ASSISTENCIA

Santa Cruz recebeu durante a última sexta-feira (23) a oficina de planejamento para elaboração dos Planos Municipais de Assistência Social.

O evento foi promovido pela Secretaria Estadual de Trabalho Habitação e Assistência Social (SEHTAS) do governo do Estado e contou com apoio da Prefeitura de Santa Cruz na estrutura para o encontro, que aconteceu no Instituto Cônego Monte.

Representantes de cerca de 30 municípios estiveram na cidade para discutir a elaboração do Plano Municipal de Assistência Social.

Segundo Dayse Martins, secretária municipal de Assistência Social de Santa Cruz, o município já tem seu plano municipal, que foi atualizado recentemente, e serve de modelo para outros municípios potiguares elaborarem suas leis em busca de fortalecer a área em cada município.

banersaomiguel

Comentários (0)