Banner

Estadual

Cidades Seguras: especialista fará palestra em Natal sobre as novas tecnologias voltadas para a segurança nos centros urbanos

Imprimir
PDF

eventomobilidadernEstá confirmada para o próximo dia 14 de agosto, no auditório do CDL Natal, a realização da palestra "Cidade Segura com a Utilização de Tecnologia", que será ministrada pelo consultor paulista e especialista em tecnologia, César Leonel, que irá expor para uma plateia composta por empresários, gestores públicos e privados, executivos e formadores de opinião como as novas tecnologias podem contribuir com a segurança nos centros urbanos. O evento terá início às 19 horas e a sua promoção é resultado da parceria entre o CDL Natal e o grupo potiguar Interfort Segurança, uma das maiores companhias de segurança privada do Nordeste, que emprega cerca de sete mil colaboradores em todo o País.

Segundo César Leonel, as inovações tecnológicas e os novos processos de gestão existentes são utilizados para melhorar a vida das pessoas que moram e trabalham nas cidades. "A palestra irá mostrar como a tecnologia pode ser utilizada para favorecer o quesito 'segurança', explica.

O especialista defende que os processos de gestão das tecnologias voltadas para o objetivo 'cidade segura' se adequam a qualquer centro urbano, seja Natal, São Paulo, Nova Iorque ou Paris. Ele relata que na cidade de Barueri (SP) foi implantado um sistema inteligente, programado para monitorar crimes e combater a violência através da adoção de tecnologia voltada para alarmar situações criticas.

César Leonel revela que não é recente a discussão sobre essas novas tecnologias no Brasil, mas lamenta que as iniciativas reais, além de muito jovens, não são implementadas em sua integralidade.

"Cidades Inteligentes tem que ser mais seguras, antes de tudo. Para isto as Cidades não poderão separar os aspectos de segurança física da implementação da segurança digital", explica.

Para o especialista, é preciso interromper a escalada dos trágicos indicadores de violência, que tornam o Brasil um dos países que mais perdem pessoas, não sendo um dos países que são zonas de Guerra. " Esse fato ameaça desestabilizar três das principais dimensões para o desenvolvimento humano: Indivíduos, tecido social e instituições democráticas.

Além do aproveitamento em questões que envolvem 'segurança', as novas tecnologias podem beneficiar as mais diversas áreas, como saúde, energia, educação, mobilidade urbana, meio ambiente, planejamento urbano, entre outras.

brenobannernovo

Comentários (0)

ADEPOL realiza pesquisa que quer saber da população potiguar o que ela quer para a área de segurança pública

Imprimir
PDF

adepolpesquisaOs delegados da Polícia Civil do Rio Grande do Norte estão ouvindo a população sobre a segurança pública do Estado, e receberão propostas dos cidadãos para tentar resolver os problemas do sistema. A campanha Eu Decido a Segurança do RN foi lançada no início deste mês.

Segundo a Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol/RN), entidade realizadora do projeto, o objetivo é tentar extrair a percepção da população sobre a segurança pública, as necessidades de cada região, bem como as medidas que elegem como prioridades na área.

Para o acompanhamento do levantamento em tempo real e análise de dados, a Adepol firmou uma parceria com uma incubadora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a inPACTA-UFRN.

Para acessar o site e deixar suas propostas CLIQUE AQUI!

carto_bem_estar

Comentários (0)

BNB contrata R$ 54,5 bilhões em 20 anos de Crediamigo

Imprimir
PDF

banco-do-nordeste_logo

O maior programa de microcrédito produtivo e orientado da América do Sul, o Crediamigo do Banco do Nordeste, comemora 20 anos de atuação com a marca de 5,3 milhões de clientes atendidos. Em duas décadas, foram contratados 33,6 milhões de empréstimos, que totalizaram aproximadamente R$ 54,5 bilhões concedidos.

O programa está presente na Região Nordeste, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo e possui 471 unidades e postos de atendimento. Atualmente, o Crediamigo dispõe de 2 milhões de clientes ativos, 67% dos quais são mulheres. Por dia, o programa contrata média de 16 mil operações.

Em 2018, diante de um cenário econômico mais promissor, com perspectivas de aumento do emprego e renda, inflação controlada e maior expectativa de consumo, o Crediamigo planeja crescer em volume de crédito e contratar R$ 8,7 bilhões. Também deve elevar sua carteira de clientes, e ampliar a participação no mercado elegível de microfinanças na Região, estimado pelo Banco do Nordeste em 19,1 milhões de pessoas, com base em recente pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

banersaomiguel

Comentários (0)

UFRN: Cientec 2018 começa dia 28 no Campus Central

Imprimir
PDF

A Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec) 2018 começa na quinta-feira, 28 de junho, dentro da programação alusiva ao 60 anos de criação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O maior evento científico do Estado, que anualmente acontece em outubro, este ano foi antecipado para junho, e faz parte das comemorações de aniversário da Universidade.

A Cientec 2018 conta com três grandes dimensões: Mostra da Cientec, organizada em pavilhões que abrigam exposições interativas e transdisciplinares e que se constitui no espaço de troca de conhecimento e do diálogo de ideias; Reunião Acadêmico-Científica, onde serão realizados eventos acadêmicos como congressos, seminários, oficinas, cursos e exposição de pôsteres; Cientec Cultural, voltada à produção e integração acadêmico-cultural, com eventos artísticos, apresentações e exposições e suas discussões pedagógico-culturais.

A Cientec 2018 representa a vigésima quarta edição do evento e tem como tema este ano UFRN do ontem ao amanhã: 60 anos de evolução.

Blog_Edipo_Autismo_1950x300px-FINAL

Comentários (0)

UFRN: Cine CCSA divulga programação de filmes para este semestre

Imprimir
PDF

O Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), em parceria com a Cooperativa Cultural da UFRN, realiza o Projeto Ciclo de Cinema Social Aplicado (Cine CCSA). Nesta edição, o público poderá assistir a sete exibições com longas-metragens nacionais e internacionais, além de um curta-metragem potiguar em cada sessão.

As exibições são gratuitas e acontecerão em quartas-feiras alternadas entre os meses de abril e junho, às 17h, no auditório do Nepsa I. A primeira sessão acontece na próxima quarta-feira, dia 4, com o curta Lá Fora (2018), dirigido por Henrique Antunes e Paula Pardillos. O filme fala sobre o medo do não pertencimento e a ameaça da violência que assombram, enquanto o amor parece ser uma saída.

A programação continua com o longa Capitão Fantástico (2016), dirigido por Matt Ross. Nele, um homem mora com seus seis filhos longe da civilização, em uma floresta onde as crianças lêem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência como palavra de ordem. Confira o trailer do filme.

A mostra continua no dia 11 de abril com (In)sustentável e Os Doze Macacos. Ao final das sessões, serão realizados sorteios de livros e CDs entre os espectadores.

A programação completa do CineCCSA deste semestre é a seguitne:

04/04: "Lá Fora" (10 min) e "Capitão Fantástico" (118 min)

11/04: "(In)sustentável" (12 min) e "Os Doze Macacos" (150 min)

25/04: "A Mulher do Fim do Mundo" (17 min) e "Borboletas Negras" (100 min)

09/05: "A Coisa de Fogo" (11 min) e "Amantes Constantes" (183 min)

23/05: "Leningrado, Linha 41" (20 min) *Sessão com legendagem em Libras e audiodescrição

06/06: "Profanação" (11 min) e "Sophie Scholl: Uma Mulher Contra Hitler" (117 min)

20/06: "Imaterial" (6 min) e "Uma História de Amor e Fúria" (115 min).

carto_bem_estar

Comentários (0)