Banner
06
Fev

Fugitivo de Alcaçuz que estava na região é recapturado

Imprimir
PDF

RodrigoAcabou com o saldo de um morto e outro preso, a cassada da polícia dos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba a um dos mais temidos assaltantes, fugitivo da Penitenciária de Alcaçuz em Nísia Floresta, quando 41 detentos ganharam a rua através de um túnel recém-fechado.

José Rodrigo da Silva, conhecido como Rodrigo após fugir da penitenciária, se dirigiu para a comunidade Tapuia no município de Sítio Novo de onde partia para investidas junto com um comparsa. Na madrugada deste domingo (05) a cassada da polícia chegou ao fim com a prisão dele no município de Mari, a 30 Km de Guarabira, no estado da Paraíba onde já estava agindo em companhia de outro fugitivo de Alcaçuz. Lá, Rodrigo tinha alugado uma casa, com o argumento de que havia se separado da esposa e ia viver sua vida ali a partir de agora.

A equipe de policiais do Rio Grande do Norte comandada pelo Capitão PM Luiz Carlos e formada pelos Sargentos Carvalho e Jaime, Cabo Andreval e os soldados Matias, Claudionor e Silva, foram checar a informação da presença de Rodrigo na cidade paraibana quando se juntaram a outra equipe de policiais do estado da Paraíba comandada pelo Tenente PM Souto, composta por onze policiais.

Um grande cerco foi formado nas imediações do local indicado como esconderijo de Rodrigo e ao localizarem, o detento ainda tentou fugir, mas não havia como, pela quantidade de policiais que participaram da operação com o uso de armas de grosso calibre. Após pular vários muros de residências, Rodrigo finalmente foi preso portando um revólver calibre 38, uma faca, uma quantia de R$ 500,00 em dinheiro e três pedras de crack. Além de ser foragido, ele é acusado de matar seu comparsa Marcos Antonio de Lima, com quatro tiros nas costas, que teve seu corpo encontrado já em fase de decomposição. Rodrigo ainda é suspeito de participar da morte de um policial da Paraíba.

Com informações do site da Rádio Santa Cruz AM

banner_odontopremium

Comentários (0)