Banner

Polícia

Mais casos de violência em Santa Cruz

Imprimir
PDF

A violência continua em alta em Santa Cruz. De ontem para hoje, mais dois casos chocaram a população.

Na tarde desta terça-feira (14), foi vítima a pessoa identificada apenas como "Cego". Ele que há cerca de dois meses foi baleado nas costas, socorrido ao Hospital Walfredo Gurgel, mas, escapou. Nesta terça, nas proximidades do açude Santa Rita, ele foi alvejado com três disparos que o atingiram na cabeça, típico de execução.

Segundo a polícia, "Cego" já tinha várias passagens por roubo e é irmão de "Pestinha", outro velho conhecido dos policiais.

morto_paraiso_3

Já na manhã de hoje, um corpo foi encontrado próximo ao Fuxico do Boi, no bairro do Paraíso, em uma lagoa de esgoto formada no Rio Trairi. A fedentina no local é quase insuportável.

O corpo não identificado, pois está praticamente todo submerso. A única parte visível é um dos pés.

No local encontrava-se o senhor Lucival Paulo Coutinho, que está com o filho Rafael Araújo Coutinho, 16 anos, desaparecido há 10 dias. À nossa reportagem, ele disse que pode ser seu filho.

corpo_pe_5

corpo_pe_9

Casos que só comprovam que a população pede com urgência medidas para que a segurança seja reforçada em Santa Cruz.

banner_odontopremium

Comentários (1)

Acusado de sequestrar e matar Eloá vai a júri nesta segunda-feira

Imprimir
PDF

Lindemberg Alves Fernandes, de 25 anos, chegou ao Fórum de Santo André, no Grande ABC, por volta das 8h15 desta segunda-feira, onde será julgado, a partir das 9 horas, pela morte da ex-namorada, Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro 2008. Lindemberg deixou o presídio de Tremembé, por volta das 6h15, escoltado por duas viaturas da Polícia Militar.

A mãe de Eloá, Ana Cristina Pimentel, chegou ao fórum mais tarde com um semblante muito trsite. Ela disse que será um dia difícil e que não conseguiu dormir nessa noite. "Espero pela justiça de Deus, quero que ele pague pelo que fez", afirmou em entrevista à imprensa.

Dezenove testemunhas serão ouvidas, 5 de acusação e 14 de defesa -, e sete jurados decidirão se o réu é ou não culpado por homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado, disparo de arma de fogo e cárcere privado. A expectativa é de que o resultado saia até quarta-feira, 15.

Com informações do Estado de Minas

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)

Madrugada de "cangaço" em Santa Cruz

Imprimir
PDF

Uma briga depois de uma bebedeira em um bar identificado pela polícia como "Bar das meninas", terminou com o saldo de um morto a facadas. Segundo o sargento Roberto da 4ª Companhia Independente de Polícia de Santa Cruz, após a discussão, José Henrique Alves dos Santos, 18 anos, desferiu várias cutiladas de faca peixeira em Leikson Franklim Medeiros, 19 anos que morreu ao dar entrada no Hospital Regional Aluizio Bezerra.

O fato aconteceu por volta das 03h40 na Rua Santa Rita, conhecida como "Rua do Açude". Passados 20 minutos do crime, uma dupla não identificada chegou à Residência do autor do crime na Rua São Braz e o chamou pelo nome.

Ao abrir a porta, a irmã foi surpreendida pelos dois elementos que invadiram a casa armados de facão e desferiram várias cutiladas e em seguida fugiram com destino ignorado. José Henrique foi socorrido para o Hospital por volta das 4h00 onde recebeu os primeiros socorros e devido a gravidade dos ferimentos, foi transferido para o Hospital Walfredo Gurgel na capital do estado onde se encontra internado em estado grave.

Com informações do site da Rádio Santa Cruz AM

autoescolar3a1banner

Comentários (0)

Jardinense é assaltada próximo a Tangará

Imprimir
PDF

Na noite de quinta-feira um ônibus da empresa Alto Viação Jardinense que fazia o trajeto Natal-Caicó foi assaltado por uma quadrilha armada que realizou um arrastão com os pertences dos passageiros e funcionários da empresa nas imediações do município de Tangará.

De acordo com a polícia, este seria o terceiro assalto nos últimos três meses e teria sido praticado pelo mesmos suspeitos, no mesmo município. Até o momento não houve identificação dos suspeitos.

autoescolar3a1banner

Comentários (0)

Fugitivo de Alcaçuz que estava na região é recapturado

Imprimir
PDF

RodrigoAcabou com o saldo de um morto e outro preso, a cassada da polícia dos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba a um dos mais temidos assaltantes, fugitivo da Penitenciária de Alcaçuz em Nísia Floresta, quando 41 detentos ganharam a rua através de um túnel recém-fechado.

José Rodrigo da Silva, conhecido como Rodrigo após fugir da penitenciária, se dirigiu para a comunidade Tapuia no município de Sítio Novo de onde partia para investidas junto com um comparsa. Na madrugada deste domingo (05) a cassada da polícia chegou ao fim com a prisão dele no município de Mari, a 30 Km de Guarabira, no estado da Paraíba onde já estava agindo em companhia de outro fugitivo de Alcaçuz. Lá, Rodrigo tinha alugado uma casa, com o argumento de que havia se separado da esposa e ia viver sua vida ali a partir de agora.

A equipe de policiais do Rio Grande do Norte comandada pelo Capitão PM Luiz Carlos e formada pelos Sargentos Carvalho e Jaime, Cabo Andreval e os soldados Matias, Claudionor e Silva, foram checar a informação da presença de Rodrigo na cidade paraibana quando se juntaram a outra equipe de policiais do estado da Paraíba comandada pelo Tenente PM Souto, composta por onze policiais.

Um grande cerco foi formado nas imediações do local indicado como esconderijo de Rodrigo e ao localizarem, o detento ainda tentou fugir, mas não havia como, pela quantidade de policiais que participaram da operação com o uso de armas de grosso calibre. Após pular vários muros de residências, Rodrigo finalmente foi preso portando um revólver calibre 38, uma faca, uma quantia de R$ 500,00 em dinheiro e três pedras de crack. Além de ser foragido, ele é acusado de matar seu comparsa Marcos Antonio de Lima, com quatro tiros nas costas, que teve seu corpo encontrado já em fase de decomposição. Rodrigo ainda é suspeito de participar da morte de um policial da Paraíba.

Com informações do site da Rádio Santa Cruz AM

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)