Banner

Polícia

Fugitivo de Alcaçuz que estava na região é recapturado

Imprimir
PDF

RodrigoAcabou com o saldo de um morto e outro preso, a cassada da polícia dos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba a um dos mais temidos assaltantes, fugitivo da Penitenciária de Alcaçuz em Nísia Floresta, quando 41 detentos ganharam a rua através de um túnel recém-fechado.

José Rodrigo da Silva, conhecido como Rodrigo após fugir da penitenciária, se dirigiu para a comunidade Tapuia no município de Sítio Novo de onde partia para investidas junto com um comparsa. Na madrugada deste domingo (05) a cassada da polícia chegou ao fim com a prisão dele no município de Mari, a 30 Km de Guarabira, no estado da Paraíba onde já estava agindo em companhia de outro fugitivo de Alcaçuz. Lá, Rodrigo tinha alugado uma casa, com o argumento de que havia se separado da esposa e ia viver sua vida ali a partir de agora.

A equipe de policiais do Rio Grande do Norte comandada pelo Capitão PM Luiz Carlos e formada pelos Sargentos Carvalho e Jaime, Cabo Andreval e os soldados Matias, Claudionor e Silva, foram checar a informação da presença de Rodrigo na cidade paraibana quando se juntaram a outra equipe de policiais do estado da Paraíba comandada pelo Tenente PM Souto, composta por onze policiais.

Um grande cerco foi formado nas imediações do local indicado como esconderijo de Rodrigo e ao localizarem, o detento ainda tentou fugir, mas não havia como, pela quantidade de policiais que participaram da operação com o uso de armas de grosso calibre. Após pular vários muros de residências, Rodrigo finalmente foi preso portando um revólver calibre 38, uma faca, uma quantia de R$ 500,00 em dinheiro e três pedras de crack. Além de ser foragido, ele é acusado de matar seu comparsa Marcos Antonio de Lima, com quatro tiros nas costas, que teve seu corpo encontrado já em fase de decomposição. Rodrigo ainda é suspeito de participar da morte de um policial da Paraíba.

Com informações do site da Rádio Santa Cruz AM

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)

Jovem é assassinado com vários tiros no Paraíso

Imprimir
PDF

Um agricultor de 26 anos, identificado como Eguinaldo Bezerra de Araújo, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na madrugada deste sábado (21), por volta das 2h30, no município de Santa Cruz. O crime foi registrado em uma rua situada próximo ao centro da cidade, no bairro Paraíso.

As informações foram confirmadas pelo sargento Lima, policial militar da 4ª Companhia. Segundo o PM, a vítima tinha envolvimento com drogas, por isso, existe a suspeita que o crime tenha sido motivado por acerto de contas.

Diante do horário, a polícia não tem informação de testemunhas até o momento. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) para a realização da necropsia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Com informações do DNOnline

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (1)

Acidente envolvendo 3 veículos foi registrado agora a pouco entre Santa Cruz e Campo Redondo

Imprimir
PDF

Aconteceu agora a pouco um acidente envolvendo 3 veículos na BR-226, no trecho que liga Santa Cruz a Campo Redondo.

Segundo informações, o motorista do veículo Chevet (primeira foto) estava embriado e acertou mais dois carros. Ninguém ficou ferido gravemente e o motorista encontra-se detido na 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil, que irá investigar o caso.

O registro fotográfico foi do amigo André Fotos:

acidentedomingo1

acidentedomingo2

acidentedomingo3

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)

Polícia prende pai que matou filha na zona rural

Imprimir
PDF

paisn1Foi preso no início da manhã de hoje, José Adelino Neto, pai acusado de ter matado sua própria filha na comunidade Pau de Leite, divisa entre Santa Cruz e Sítio Novo.

De acordo com o Blog Sítio Novo em Destaque, Adelino estava na casa de seu pai no sítio Rêcreio, zona rural de Sítio Novo, quando os PMs o capturaram. O mesmo não chegou a oferecer nem uma resistência.

Adelino foi conduzido para a delegacia de polícia da cidade de Tangará, onde será ouvido pelo o delegado Dr. Lucena, e depois deverá ficar a disposição da justiça. As fotos são do Blog Sítio Novo em Destaque:

paisn2

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)

Governo do estado convoca policiais civis. Santa Cruz fica de fora

Imprimir
PDF

Apesar dos altos índices de violência na cidade de Santa Cruz, segundo relatório divulgado pelo Ministério da Justiça, o governo do estado não está nenhum pouco preocupado com a segurança da população da cidade que está à frente, e muito, de cidades como Caicó e Currais Novos, em números absolutos e também proporcionais, dos casos de homicídios.

Enquanto em 2010 foram mortas violentamente 7 pessoas, os próximos números que espelham o ano passado deve trazer dados ainda mais alarmantes que preocupam o cidadão comum, comerciantes, estudantes e a Igreja Católica que para proteger os seus fiéis teve que antecipar até mesmo o horário das missas de Natal.

O risco é constante. Há locais em Santa Cruz que não se transita mais depois de 18 horas, a exemplo de taxistas, mototaxistas, pessoas de outros bairros e a polícia só passa com os sinalizadores ligados, já que são vistos à distância e acabam não sendo incomodados.

O que mais atormenta a população de Santa Cruz é que não tem perspectivas de melhorias. Já na última sexta-feira, o governo do estado confirmou a nomeação de 87 novos policiais civis e Santa Cruz - não se sabe por que questões - ficou de fora da contemplação. Serão 12 delegados, 13 escrivães e 62 agentes que vão integrar o efetivo no interior do Rio Grande do Norte. A nomeação foi publicada na edição deste sábado (31), do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os servidores assumirão nas vagas disponíveis em todo o estado, atendendo a demanda de reforço policial. Receberão reforço no efetivo as comarcas de Lajes, Baraúnas, Mossoró, Assú, Jucurutu, São Miguel, Pedro Avelino, São José do Campestre, Santo Antônio, Caraúbas, Marcelino Vieira, Tangará e Natal.

Os novos policiais civis foram nomeados em observância aos critérios da Lei de Responsabilidade Fiscal, que estabelece que novas contratações podem ser feitas em caso de falecimento ou aposentadoria dos servidores.

Com informações da Rádio Santa Cruz AM

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (2)