30
Set

O Rio Grande do Norte poderá passar por mais uma onda de greves nas próximas semanas. Pelo menos 10 categorias podem iniciar movimento grevista.

As primeiras a resolver foram o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Ambiental (Idema) e a Fundação José Augusto. No último dia 26 foi a vez dos servidores do Instituto de Defesa Agropecuária do RN (Idiarn) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) anunciarem que também voltarão à greve, quarta-feira. Quinta-feira (29), os trabalhadores da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) engrossaram a retomada da greve.

Quem também resolveu entrar em greve a partir da semana que vem foram os técnicos das secretarias estaduais, lotados no Centro Administrativo, em Natal. Outras categorias também ameaçam entrar em greve caso o Governo insista em descumprir o acordo quanto ao pagamento do restante das parcelas dos Planos de Cargos e Carreira.

A população está preocupada e não se vê muita resolução para os trabalhos desenvolvidos pelo estado para solucionar os problemas do funcionalismo estadual.

EdipoNatan_1950x300px

Comentários (0)