Banner

Política

Tomba solicita à secretária de Segurança do RN escolta para ônibus que levam estudantes para Gostoso, Touros e Rio do Fogo

Imprimir
PDF

tomba_discursoassembleiaDiante dos constantes assaltos e perseguições que vem se registrando na BR 101, no trecho que liga Natal ao litoral Norte do estado, o deputado Tomba Farias (PSB) solicitou à secretária de Segurança Pública do Estado, Sheila Melo, a implantação de escolta policial para fazer, nos dias úteis e no período da noite, o acompanhamento dos ônibus escolares que transportam estudantes que se deslocam diariamente de estabelecimentos de ensino localizados na capital para municípios como São Miguel do Gostoso, Touros e Rio do Fogo.

De acordo com o parlamentar, a medida de segurança está sendo pleiteada por professores e alunos, que diariamente fazem o citado trajeto, sob um clima de pânico e insegurança. Em média, 200 estudantes utilizam a rodovia no decorrer da semana.

No último dia 27 de fevereiro, o jovem Breno Felipe Barbosa, que fazia o transporte do passageiro para São Miguel do Gostoso, levou um tiro na cabeça e morreu na hora, quando o carro foi atingido por disparos.

banner_675x90

Comentários (0)

Presidente do AVANTE diz em Monte Alegre que partido “chegará forte nas eleições 2018”

Imprimir
PDF

KARLA_VERISKA_01

A presidente estadual do AVANTE e pré-candidata a deputada federal, Karla Veruska, disse que a legenda enfrentará as eleições 2018 com diretórios implantados em todos os municípios do Rio Grande do Norte. "O AVANTE é um partido novo e com certeza chegaremos fortes as eleições", disse.

A declaração de Karla Veruska foi dada, na noite desta sexta-feira, durante evento de aniversário do prefeito da cidade de Monte Alegre, Severino Rodrigues, que reuniu os amigos e correligionários para comemorar a data.

Além do empresário Kleber Rodrigues, pré-candidato a deputado estadual e filho do prefeito de Monte Alegre, o AVANTE vem nas últimas semanas recebendo expressivas adesões de novos filiados. Um dos diferenciais do partido é que deixará os seus integrantes à vontade com relação à eleição majoritária, já que a legenda só fará coligações voltadas para as eleições proporcionais.

Esposa do presidente da Câmara Municipal do Natal, vereador Raniere Barbosa, que também compareceu ao evento festivo, Karla Veruska disse ainda acreditar que os eleitores deste ano vão às urnas externando um grande sentimento de renovação. "A política nacional passa por mudanças e isso a gente percebe no olhar das pessoas, que expressa a decepção com a classe política, mas também o sentimento de renovação e de esperança", ressalta.

banner_odontopremium

Comentários (0)

Ex-deputado João Maia recebeu mais de R$ 1,2 milhão de propina em obras na BR-101 no RN, dizem delatores

Imprimir
PDF

joaomaia_gabinete

O ex-deputado João Maia (PR) teria recebido pelo menos R$ 1,2 milhão em propina paga por apenas uma das três empresas que participaram do consórcio responsável por parte das obras na BR-101 no Rio Grande do Norte, entre 2008 e 2010. A informação está em um acordo de delação premiada firmada pelo Ministério Público Federal com os os engenheiros Roberto Capobianco, Marco Aurélio Costa Guimarães e Frederico Eigenheer, da Construcap, à qual o G1 teve acesso.

O caso é investigado pela Operação Via Ápia, deflagrada em 2010 e e que está em fase de depoimento de testemunhas ao juiz Mário Jambo, da 2ª Vara da Justiça Federal, em Natal. A operação apurou um esquema de pagamento de propina das empresas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Os delatores estão entre os ouvidos pelo juiz. Ao todo, são 25 réus.

João Maia, que não é réu no processo que está correndo na Justiça, já tinha sido citado pelo próprio sobrinho, Gledson Golbery Maia - ex-chefe de Serviço de Engenharia do Dnit - que também fechou acordo de delação. Na terça-feira (6), ele confirmou à Justiça, as informações que já tinha prestado ao MPF.

Com informações do G1/RN

bannerpostagensumacasa

Comentários (0)

Kelps Lima afirma que intenção é disputar o governo, mas ressalta que candidatura só será definida em 60 dias

Imprimir
PDF

kelps_radiosantacruz2018

Em entrevista na noite da última sexta-feira na Rádio Santa Cruz AM, o deputado estadual Kelps Lima (SD) afirmou que é pré-candidato ao governo do estado, mas aguardará pesquisas internas daqui a 60 dias para confirmar qual será seu projeto para 2018.

Kelps Lima afirma que seu projeto hoje de prioridade é a disputado pelo governo, mas vai percorrer o estado e ouvir a população sobre uma possível candidatura. "Começamos a percorrer o estado pelo Trairi e vamos ouvir as pessoas, ver suas necessidades, não tem um deputado que mais visitou o estado nesses quatro anos que o deputado Kelps. Após ouvir a população e ver a viabilidade da candidatura, decidiremos nosso rumo político", afirmou Kelps Lima.

Kelps Lima ainda confirmou a pré-candidatura da ex-atleta Magnólia Figueiredo ao Senado federal e ressaltou que é a única candidatura que apresenta o novo ao estado.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Deputado da oposição, Gustavo Carvalho, diz esperar que justiça seja feita e que Tomba seja inocentado em processo de inelegibilidade

Imprimir
PDF

gustavo_tomba

Embora seja adversário politico no município de Santa Cruz, o deputado estadual Gustavo Carvalho, na tarde de hoje, na Assembleia Legislativa, se solidarizou com deputado estadual Tomba Farias, com relação a decisão de magistrada daquele município, que determinou em sentença de primeira instância a inelegibilidade do parlamentar e o afastamento da prefeita Fernanda Costa do exercício do cargo.

Para Gustavo Carvalho, a justiça deverá reconhecer que Tomba Farias não tem qualquer culpa que possa justificar o envolvimento do seu nome no processo de abuso do poder econômico, no qual aparece citado.

"Na cidade Santa Cruz, eu conto com a oposição a Vossa Excelência, mas, mesmo assim, nunca deixei de ter admiração e reconhecimento pelo trabalho que Vossa Excelência e sua esposa, a prefeita Fernanda, desenvolveram em prol do município. Se tem alguém nesse Plenário que possa ter maior legitimidade para se solidarizar com Vossa Excelência, essa pessoa é o deputado Gustavo Carvalho", destacou.

De acordo com Gustavo Carvalho, ao contrário da tese defendida pelo Ministério Público, a participação de um grupo de 50 idosos em um evento realizado pela Secretaria de Assistência Social em uma casa de Praia de familiares do deputado Tomba Farias, não teve qualquer influência no resultado da eleição para prefeito de Santa Cruz, em 2016.

"Espero que Santa Rita de Cássia possa iluminar a justiça, e ter o reconhecimento, através do recurso que irá impetrar, de que Vossa Excelência não tem nenhuma culpa", enfatizou.

FATOS

Por sua vez, o deputado Tomba Farias se pronunciou sobre o assunto para expor sua versão dos fatos envolvendo o seu nome. Segundo ele, alguns veículos de comunicação noticiaram de forma errônea a informação sem explicar como a questão realmente aconteceu, impedindo a compreensão da mesma por parte da sociedade.

O parlamentar criticou a postura da jornalista Ana Ruth, que, na sua opinião, teria usado seu espaço na mídia para lhe achincalhar, já que é casada com o médico Marcos Lima, um adversário derrotado nas urnas de Santa Cruz por diversas vezes.

"Veículos de comunicação não podem ser usados para a prática de proselitismo politico". Ele ainda enfatizou que o exercício do jornalismo não pode ser misturado com o sentimento de não aceitação do resultado das urnas.

IDOSOS

"Existe um programa em Santa Cruz, registrado na LOA (Lei Orçamentária Anual), que prevê a celebração do Dia do Idoso todos os anos no município. Todos os anos, inclusive em 2016. Idosos, aliás, com mais de 70 anos e, por isso mesmo, sem obrigação de ir às urnas. É essa comemoração que está sendo questionada. Além disso, a maioria de votos na cidade foi de 6.410, uma diferença bem superior ao número de 50 idosos que participaram da atividade", argumentou o deputado durante pronunciamento.

Tomba Farias esclareceu ainda que a casa de praia que recebeu a visitação dos idosos não é de sua propriedade, e que faz parte de uma herança dividida entre irmãos. O parlamentar destacou ainda que nem ele, nem a prefeita Fernanda Costa se fizeram presente ao evento do grupo de idosos.

O parlamentar ressaltou também que no ano de 2016, quando ocorreu o episodio, ele não era candidato a nenhum cargo eletivo. Segundo afirma, a eleição municipal em Santa Cruz foi uma campanha com base na prestação de contas do que foi realizado no primeiro mandato da prefeita Fernanda Costa.

Por Assessoria

banersaomiguel

Comentários (0)