Banner
07
Nov

Enem 2016 tem maior abstenção da década

Imprimir
PDF

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016 terminou com um índice de 30,0% de abstenção de candidatos, a porcentagem é a maior desde 2009, quando a prova passou a servir de porta de entrada nas universidades. Do total de aproximadamente 8,4 milhões que poderiam fazer o exame neste final de semana, 5,8 milhões compareceram às provas.

No ano passado, as abstenções foram de 27,6%, de acordo com balanço geral divulgado neste domingo (6) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). A abstenção deste ano também superou a de 2014 (28,9%), 2013 (29,7%), 2012 (27,9%), 2011 (26,4%) e 2010 (28,8%). Apenas 2009, com abstenção de 37,7% dos inscritos, teve uma taxa superior à deste ano.

Segundo a secretária Executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro, a variação em relação a anos anteriores foi mínima e a pasta considera que as abstenções se mantiveram constantes. Do total de mais de 8,6 milhões de candidatos inscritos no exame, 271.033 tiveram as provas adiadas para os dias 3 e 4 de dezembro, em função das ocupações das escolas por todo o país.

banner_carloschagas

Comentários (0)