Banner

Servidores técnicos da UFRN devem repor dias não trabalhados

Imprimir
PDF

Servidores técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que fizeram greve entre 27 de outubro e 15 de dezembro de 2016 vão repor os dias não trabalhados a partir de fevereiro de 2017. Para tanto, diretores do Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação (Sintest) assinaram, no início da noite desta quarta-feira, 28, um acordo com a administração central da universidade.

Baseado em parecer da Advocacia Geral da União (AGU), as lideranças trabalhistas reconheceram, perante a pró-reitora de Gestão de Pessoas, Mirian Dantas, e o ouvidor da Universidade, Joseleno Marques, que o compromisso assumido significa um avanço na cultura sindical do serviço público federal.

Na ocasião, a pró-reitora informou que a reposição da carga horária será acompanhada por meio do SIGRH.

Comentários (0)