Banner
17
Feb

UFRN instala comissão para ações voltadas à acessibilidade

Imprimir
PDF

Ações voltadas à acessibilidade na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) serão propostas, implementadas e acompanhadas pela Comissão de Acessibilidade, instalada em reunião nesta sexta-feira, 16, no auditório da Secretaria de Educação a Distância (Sedis). Representantes de outras unidades da UFRN foram incluídos na comissão, criada pela primeira vez em 2015, quando foi realizado o diagnóstico e levantamento das ações institucionais, assim como o planejamento e a execução de novas iniciativas. Para 2018, o grupo recebe a missão de focar áreas específicas, com o objetivo de tornar a universidade acessível em todas as dimensões.

"Precisamos da acessibilidade para garantir a permanência e conclusão dos cursos pelos estudantes com deficiência na UFRN", defendeu o presidente da Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais (Caene), professor Ricardo Lins, que apresentou os encaminhamentos e novos direcionamentos de ações. Para o reitor em exercício da UFRN, José Daniel Diniz Melo, o trabalho da comissão é de extrema importância para que a instituição continue avançando na acessibilidade, principalmente pelo fato de receber mais alunos com deficiência por meio das vagas do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). "Contamos com o empenho do grupo para que a acessibilidade esteja presente em todas as ações institucionais", frisou.

Compõem o grupo servidores da Caene, Sedis, Superintendência de Infraestrutura (Infra), Escola de Música (EMUFRN), Departamento de Letras - Libras, Superintendência de Comunicação (Comunica), Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM), Centro de Educação (CE), Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), Editora Universitária (EDUFRN), Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e Superintendência de Informática (Sinfo).

bannerpostagensumacasa

Comentários (0)