Banner

Local

Corrida de Jegue é adiada

Imprimir
PDF

A 6ª Corrida de Jegue da cidade de Santa Cruz tem nova data de realização, agora a disputa acontecerá no dia 11 de setembro. O motivo da mudança é devido às fortes chuvas que estão caindo durante o mês de julho no município. O evento esportivo e de lazer permanece no mesmo local, o parque de vaquejada Miguel Lula de Farias.

A corrida irá premiar os quatro primeiros colocados, de ambas as categorias, profissional e amadora.

O clima da corrida é de descontração, e os competidores vêm de todas as regiões do Rio Grande do Norte e de estados vizinhos também. Além da diversão proporcionada pela competição, o público ainda poderá levar para casa premiações. É que o idealizador do evento, Manoel Geraldo da Silva, mais conhecido por Manoel da Banda, separou competições menores, seguindo a tradição nordestina, como a corrida de saco, quebra pote, corrida de ovo na colher e pau de sebo, todas com premiação em dinheiro para os três primeiros colocados. E como já é tradição na Corrida de Jegue, o animal mais brega também recebe gratificação.

Com informações da Assessoria

banner_odontopremium

Comentários (0)

Direito à insalubridade é difícil de ser conseguido

Imprimir
PDF

A imprensa comissionada tentar distorcer os fatos e as informações que nós colocamos no Blog, mas para bom leitor, todas as palavras bastam.

A situação para os Agentes Comunitários de Saúde conseguir a insalubridade não é fácil. Oficialmente, os Agentes recebem uma gratificação do Governo Municipal e como, segundo informações da amdinistração municipal, foi colocada uma ação judicial pedindo a insalubridade, todos podem ficar sem o benefício.

Para se conseguir o adicional não é uma tarefa fácil. Para se ter uma idéia, hoje existem funcionários ligado ao Estado nos Hospitais Regionais do RN que não recebem a insalubridade, pois suas atividades são não consideradas insalubres.

Estão nesta situação, os funcionários do setor de farmácia, do registro, que tem contato direto com os pacientes, já que recebem muitas vezes objetivos dos doentes, entre outros setores, mas nenhum recebe o adicional.

Os Agentes podem ter sim o direito à insalubridade, mas a situação não é simples, pois não há uma legislação esécífica e fica a cargo de cada juiz decidir se uma atividade de um Agente Comunitário de Saúde é insalubre ou não.

Ficamos na torcida pelos Agentes de Saúde, sempre, pois trabalham diariamente com pacientes em suas casas, mas fica o alerta para a situação que não é fácil de ser resolvida.

carto_bem_estar

Comentários (4)

Valor do vestibular da UFRN é abusivo e nem todos de baixa renda recebem isenção

Imprimir
PDF

ufrnPrestes ao início das inscrições para o vestibular 2012 da UFRN, o Blog deixa um protesto em nome dos estudantes pelo preço abusivo da taxa da inscrição do processo seletivo.

Para este ano, o custo da inscrição será de R$ 110,00, um alto valor para os padrões do povo Potiguar.

Sabe-se também que a UFRN tem seu programa de isenção do vestibular, mas nem todos os alunos que estudaram o ensino médio em escola pública recebe a isenção, motivado pelos vários critérios burocráticos que a instituição exige.

O aluno que encerrou o vestibular em escola pública ou bolsista em escola privada era para automaticamente receber a taxa gratuitamente, sem precisar passar por nenhuma seleção.

Fica o alerta para que a instituição amplie sua área social e também diminua o preço da taxa de inscrição, pois este valor é abusivo e absurdo para a população Potiguar.

brenobannernovo

Comentários (0)

Leitor reclama de premiação e pagamento a arbitragem em campeonatos municipais

Imprimir
PDF

O Blog recebeu um e-mail de um árbitro local que se diz indignado com a baixa remuneração dos árbitros e das premiações das competições e a alta quantia recebida pela Secretaria de Esportes e a não valorização dos profissionais.

Veja o e-mail:

Olá Édipo meu nome é Franiclecio sou arbitro aqui na cidade e peço muito a sua ajuda por favor divulgue essa reportagem no seu blog ainda dizem que a secretaria de esportes não tem dinheiro pra organizar um campeonato de futuro, sou arbitro e estou indignado com o que está acontecendo com esporte amador de nossa cidade! A prefeitura repassou mais de R$ 30 mil para a secretaria manter seus trabalhos e a liga diz que não tem dinheiro pra pagar boas taxas de arbitragem;o que será que ocorre com todo esse dinheiro já que as premiações dos campeonatos são muito fracas e o pagamento da arbitragem também é outra vergonha.

bannerfestajapi

Comentários (2)

SAR realiza encontro em Santa Cruz

Imprimir
PDF

O Serviço de Assistência Rural (SAR) da Arquidiocese de Natal realiza amanhã um encontro de fortalecimento de seu trabalho na região do Trairí.

A reunião será realizada no auditório da 5ª URSAP a partir das 8h e reunirá representantes de associações e conselhos do município para discutir a LDO local e a Metodologia da construção do orçamento participativo.

O trabalho do SAR é constante e ainda não tem grande participação da sociedade organizada, que seria interessante em participar, pois todos são responsáveis pelas discussões de assuntos diversos para atender as necessidades da população.

banner_carloschagas

Comentários (0)