Banner

Polícia

10 pessoas são detidas nas últimas 24h pela PRF

Imprimir
PDF

A20170125-MulherDetida Polícia Rodoviária Federal prendeu nessa quarta-feira (25) um homem foragido da justiça. Ele viajava em um caminhão que passava pela BR-101, em Parnamirim/RN, quando uma equipe da PRF abordou o veículo para fiscalização. Os policiais constataram que um dos passageiros, que fora contratado como "chapa", ajudante que realiza a carga ou descarga de produtos no caminhão, era procurado pela condenação pelo crime de roubo.
O detido, de 39 anos, foi encaminhado à central de flagrantes da Polícia Civil do RN, que providenciará os trâmites de seu encaminhamento para cumprimento da pena.

Outros detidos – Outras NOVE pessoas foram encaminhadas à Polícia Civil por crimes diversos. Uma delas também em Parnamirim devido a porte ilegal de arma de fogo. PRFs abordaram um carro no km 102 da BR-101. Eles encontraram no interior do veículo um revólver calibre 38 com seis munições. O motorista, de 21 anos, foi preso e também encaminhado à central de flagrantes da Polícia Civil.
Foi presa também em Parnamirim, no Km 109 da BR-101, na entrada de Pium, uma mulher de 30 anos que conduzia um carro.  Após consulta aos sistemas de segurança, foi verificado que existia um mandado de prisão em aberto pelos crimes de furto e formação de quadrilha, em desfavor da condutora.

 Carros recuperados – Mesmo sem conseguir a prisão dos bandidos, também houve a recuperação de veículo roubado nas proximidades do conjunto Cidade das Flores, em São Gonçalo do Amarante/RN.
No final da noite de ontem (25), um cidadão compareceu ao Posto da PRF da BR-406, para informar que o veículo do seu amigo, um Peugeot 207, acabara de ser assaltado por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os bandidos fugiram, abandonando o carro próximo ao gancho de Igapó. O proprietário recebeu logo seu veículo de volta.

Comentários (0)

Polícia Civil apreende quase 800 quilos de droga em Mossoró

Imprimir
PDF

Uma ação coordenada pela Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Mossoró apreendeu 789 quilos de drogas, sendo 318 quilos de supermaconha e 471 quilos de maconha, que estavam enterrados no quintal da casa de um dos suspeitos, na zona rural de Upanema, na tarde desta terça-feira (24). Tiago Galdino Tertuliano, 22 anos e Valdeilson de Paiva Souza, 29 anos foram presos em flagrante com armas e munições.

"O êxito desta ação que retirou uma grande quantidade de drogas de circulação contou com apoio de outros policiais civis que nos ajudaram nesta missão. Tivemos a colaboração das Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) e da Delegacia Especial de Atendimento ao Adolescente (DEA) de Mossoró e da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE)", detalhou o delegado André Albuquerque, da Denarc Mossoró.

Na casa de Tiago Galdino Tertuliano, os policiais encontraram os quase 800 quilos de droga enterradas no quintal da casa dele. Durante o interrogatório ele afirmou que não sabia de onde veio a droga, mas confessou que a droga seria vendida para quitar dívidas com a compra da mesma. Com Tiago a Polícia apreendeu um revólver calibre 38, 15 munições, uma motocicleta modelo Honda CG cor vermelha e uma balança de precisão. Tiago já havia sido condenado por homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Na casa de Valdeilson de Paiva Souza, policiais civis apreenderam uma pistola calibre 40 e uma espingarda calibre 12 com munições. Valdeilson já foi condenado por roubo e havia fugido da Penitenciária Agrícola Mário Negócio em 23 de novembro de 2015. Os dois homens foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

supercopia_ok

Comentários (0)

Polícia Civil divulga imagens e procura suspeitos que incendiaram terminal de ônibus

Imprimir
PDF

suspeitosterminalA Polícia Civil pede ajuda à população para identificar e localizar os suspeitos que promoveram um incêndio no Terminal de ônibus do Vale Dourado, localizado na zona Norte de Natal, na tarde desta quarta-feira (19). As imagens do cometimento do crime podem ser assistidas no vídeo que está sendo disponibilizado pela Polícia. Quem tiver informações sobre os que praticaram o ato pode fazer denúncias anônimas pelo Disque Denuncia 181 ou pelo número telefônico 3232 1546, da 9ª Delegacia de Polícia Civil.

ARTE_PARA_BLOG

Comentários (0)

Polícia prende homem que iria jogar munição para dentro de Alcaçuz

Imprimir
PDF

homemmunicaopccPoliciais da Força Nacional prenderam em flagrante Italo Gaspar da Costa, 18 anos, com 54 munições que seriam jogadas para integrantes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC), que estão detidos na Penitenciária de Alcaçuz, na noite desta quinta-feira (19).

Italo Gaspar foi conduzido para a delegacia de Plantão da Zona Sul e será autuado pelos crimes de organização criminosa e posse ilegal de munição. Ele estava com 54 munições, sendo 26 de calibre 38 e 28 munições de calibre 380. Além das munições, ele foi detido com dois rolos de fitas isolantes que são usadas para embalar os projéteis.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Presos fazem rebelião em Alcaçuz; há mortos no local

Imprimir
PDF

preso11Policiais militares e agentes penitenciários vão esperar o dia amanhecer para entrar nos pavilhões da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde acontece uma rebelião desde a tarde deste sábado (14). Segundo o Governo do Rio Grande do Norte, até as 21h, pelo menos 10 presos morreram na rebelião.

Alcaçuz é o maior presídio potiguar. A área externa já está sob o controle das autoridades, segundo a Polícia Militar. As saídas foram bloqueadas e o Corpo de Bombeiros está fazendo barricadas no local. Segundo a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Vilma Batista, homens em um carro se aproximaram do presídio antes da rebelião e jogaram armas por sobre o muro.

"A intervenção é impossível agora. No momento estão todos soltos lá dentro, e armados. Nossa missão é evitar que ele saiam", declarou o major Camilo, da PM.

Do lado de fora do presídio, que está às escuras, se ouvem muitos tiros e é possível ver muita fumaça. Segundo a Polícia Militar, a rebelião começou às 16h30, depois do horário de visitas das famílias.

O major Eduardo Franco, da comunicação da PM, disse que o motim começou por volta das 16h30 (horário de Natal) e houve invasão de presos do pavilhão 1 no pavilhão 5, onde estão internos de uma facção criminosa rival. Ainda não há confirmação de fuga.

Com informações do G1

Comentários (0)