Banner

Polícia

No RN, número de mortes no período de carnaval deste ano já supera 2015

Imprimir
PDF

A quantidade de pessoas mortas no período do carnaval deste ano no Rio Grande do Norte já é maior que o número de assassinatos registrados ao longo do carnaval de 2015. No ano passado, em todo o período de festas, foram contabilizados 18 homicídios em todo o estado. Este ano, segundo registros do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), entre a sexta-feira (5) e a manhã desta terça (9), pelo menos 21 pessoas foram assassinadas.

Ainda com relação ao ano passado, 6 dos 18 homicídios tiveram ligação direta com o carnaval, ou seja, ocorreram em regiões onde estava acontecendo alguma festa. Em 2016, de acordo com a polícia, nenhum dos 21 assassinatos registrados até o momento acorreu em corredores de folia.

Entre a noite da sexta-feira (5) e a manhã do sábado (6), a PM registrou uma morte em Natal, duas em Macaíba e uma em São José de Mipibu.

Entre a tarde do sábado (6) e a madrugada do domingo (7), foram mais três homicídios na capital, dois na praia de Barreta (no município de Nísia Floresta), um em Tangará e outro na cidade de Macau, na região da Costa Branca potiguar.

Já entre a noite do domingo (7) e a madrugada da segunda-feira (8), foram sete homicídios. Destes, quatro em Natal, um em Mossoró, na região Oeste, e os outros dois em Maxaranguape e Extremoz, municípios da região Metropolitana da capital potiguar.

Com informações do G1

banner_carloschagas

Comentários (0)

PM aborda 116 pessoas e prende mulher adulterando caixas eletrônicos em Natal

Imprimir
PDF

pm_intensificandonatalPoliciais do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) e do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) montaram na tarde deste sábado (30) uma barreira de fiscalização na descida da Ponte Newton Navarro. Na ação foram abordadas 116 pessoas em 48 motos e 21 carros. Sendo oito motocicletas e um carro recolhidos por falta de documentos.

O 1º BPM também prendeu uma mulher identificada como Helen Pereira dos Santos, de 37 anos, após ser flagrada adulterando caixas eletrônicos de uma agência bancária na Avenida Salgado Filho, em Natal.

A PM recebeu uma denúncia anônima informando do crime em andamento e ao chegar ao local encontrou Helen Pereira em flagrante. Ela foi presa e conduzida à Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

autoescolar3a1banner

Comentários (0)

Isenção de vistos a estrangeiros, proposta por Henrique Alves avança no Senado

Imprimir
PDF

Coluna_Denise_RothemburgTAs Comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo e de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal aprovaram o projeto (PLC 149/2015) que dispensa de vistos aos estrangeiros que vierem ao Brasil durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A entrada sem vistos será permitida até o dia 18 de setembro de 2016, independentemente da apresentação ou não de ingressos. O texto apreciado nas comissões temáticas, agora, segue para votação no Plenário do Senado.

De acordo com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, ao liberar a exigência de vistos, o país pode repetir o bom desempenho da Copa do Mundo, quando se teve um incremento de mais de 60% nos gastos dos turistas no período. "A medida deve beneficiar todas as atividades ligadas ao turismo, movimentando destinos de todo o país", disse. Turistas dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália podem ser beneficiados pela medida.

Alves comemorou a rapidez no processo de aprovação da pauta. "O projeto foi protocolado na Câmara no dia 30 de setembro e no dia 1º tivemos aprovação unanime pelos deputados. A aprovação nas comissões do Senado também mostra a prioridade que o tema ganhou dentro daquela Casa".

O projeto estabelece uma portaria conjunta dos Ministérios das Relações Exteriores, da Justiça e do Turismo. Serão beneficiados aqueles que chegarem ao Brasil até 18 de setembro de 2016, com prazo de estada de até 90 dias, improrrogáveis, a contar da data da entrada em território nacional. A liberação de vistos não estará condicionada à compra de ingressos para assistir a qualquer evento das modalidades desportivas dos Jogos Rio 2016.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Mãe e filha são mortas a tiros em Parnamirim

Imprimir
PDF

Uma mulher e a sua filha de 8 anos foram assassinadas com vários disparos de arma de fogo,  dentro da casa em que moravam, na noite deste sábado (23), no bairro Monte Castelo, em Parnamirim.

Segundo informações da Polícia Militar, a suspeita é de que o alvo dos bandidos seria a mãe. Outra pessoa da família ficou ferida e está internada no hospital Deoclécio Marques.

A mãe, identificada como Rosimeire Martins da Silva, de 29 anos, chegou a ser socorrida, mas morreu. A filha, identificada como Wisla Raila Martins, morreu no local. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios (Dehom).

arraiaradiobanner2017

Comentários (0)

Presos escavam túnel e nove fogem de CDP de Parelhas

Imprimir
PDF

fuga_cdpparelhasNove presos fugiram na madrugada desta quarta-feira (8) do Centro de Detenção Provisória de Parelhas, cidade da região Seridó potiguar. Atualmente, a unidade possui 86 detentos. Segundo a direção, os fugitivos escaparam por um túnel escavado a partir de uma das celas. A terra retirada do buraco estava sendo escondida no banheiro.

Ivânio Carlos, diretor do CDP, contou que a unidade não tem guardas do lado de fora, o que facilitou a fuga. "Os agentes penitenciários só conseguiram perceber quando os últimos presos estavam fugindo. Eles ainda conseguiram impedir que dois presos fugissem junto com o grupo. Ou seja, se os agentes não tivessem percebido, o número de fugitivos seria maior", ressaltou.

Oito dos nove fugitivos haviam sido transferidos do CDP da Ribeira, em Natal. O outro, de Caicó. As transferências aconteceram em março, após a onda de rebeliões que danificou 14 das 33 unidades prisionais do estado.

Os fugitivos são:

Adailton Gomes de Oliveira

Edson Nascimento da Silva

Eduardo da Silva dos Santos

Pablo Henrique da Silveira Mendonça

Janderson Douglas de Lima Nascimento

José Adonis da Silva

Kerginaldo Calixto de Souza

Libânio Bento Fernandes

Ícaro Augustinho da Silva

Com informações do G1

banner_carloschagas

Comentários (0)