Banner

Política

Marina Silva rejeita convite para entrar no PMDB

Imprimir
PDF

marinasilva2O PMDB ouviu um primeiro não de Marina Silva. Informado de que a ex-presidenciável do PV vai deixar a legenda nos próximos dias, o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), antecipou-se nessa quarta-feira, convidando-a para ingressar no partido. Os dois se falaram por telefone, quando Marina agradeceu o convite de forma delicada, mas direta. “Para ser bem sincero, ela não deixou espaço para uma nova conversa”, confidenciou Raupp a um aliado.

Raupp estava disposto a levantar a bandeira do “PMDB Verde”, acompanhando a ex-presidenciável em viagens Brasil afora, para que os dois fizessem juntos a defesa do desmatamento zero. Para atrair a ex-senadora, o presidente do PMDB também pensava em garantir-lhe a legenda, caso ela quisesse disputar o governo do Acre ou uma vaga no Senado em 2014. No telefonema, contudo, nem houve tempo para estender o assunto.

Comentários (0)

Wilma vai se reunir com PSB para definir posição do partido em Natal

Imprimir
PDF
wilmaA ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, vai se reunir com a bancada do partido na Câmara Municipal, nesta sexta-feira (1º), para definir a posição da legenda em relação à administração da prefeita de Nata, Micarla de Sousa (PV).

De acordo com o líder da bancada, Júlio Protásio, a reunião está marcada para as 9h, na sede no partido. O parlamentar disse que a orientação da presidente estadual aos vereadores é para que não façam "oposição gratuita", liberando-os para votar nos projetos de interesse de Natal.
Comentários (0)

Rosalba com grande rejeição em Natal

Imprimir
PDF

Essa veio do Blog Visão Política do DNOnline:

 

O desgaste provocado pelas greves de 11 categorias do governo culminou com a rejeição da população natalense ao início do governo democrata. Pesquisa realizada pelo Instituto Consult, entre os dias 20 e 22 de junho, para avaliar o governo, atestou que:


59.2% desaprovam o governo

21.5% aprovam o governo

19.30% não têm opinião formada sobre o governo

Comentários (1)

TSE aprova calendário para as Eleições 2012

Imprimir
PDF

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na noite de terça-feira (28), o calendário eleitoral referente às eleições municipais de 2012, O pleito será realizado no dia 7 de outubro, em 1º turno, e no dia 28 de outubro, nos municípios onde houver a necessidade de 2º turno. 


O calendário traz as principais datas a serem observadas por eleitores, partidos políticos, candidatos e pela própria Justiça Eleitoral. Veja as principais datas:

 

 

  • 7 de outubro de 2011: todos os partidos que quiserem participar das eleições devem ter obtido registro no TSE e candidatos que pretendem concorrer estarem com sua filiação partidária regularizada
  • 1ª de janeiro 2012: os institutos de pesquisa ficam obrigados a registrar seus levantamentos e a Administração Pública fica proibida de distribuir bens, valores ou benefícios gratuitamente
  • 9 de maio de 2012: prazo final para que o eleitor possa requerer inscrição eleitoral ou transferência de domicílio
  • 10 a 30 de junho de 2012: convenções para escolha dos candidatos
  • 5 de julho de 2012: registros dos candidatos feitos pelos partidos ou coligações
  • 6 de julho de 2012: permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios e propaganda na internet
  • 18 de julho de 2012: os registros dos candidatos podem ser impugnados
  • 21 de agosto de 2012: início da propaganda eleitoral gratuita na rádio e na TV
  • 7 de outubro de 2012: eleição do primeiro turno
  • 28 de outubro de 2012: eleição do segundo turno
Comentários (0)

Ezequiel consegue aprovar na CCJ, Emenda Substitutiva ao Projeto de negociação das dívidas do Governo do Estado

Imprimir
PDF

ezequiel_9802_1A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa se reuniu na manhã desta terça-feira (28). Na pauta, o Projeto de Lei enviado pela governadora Rosalba Ciarlini, que autoriza o Governo do Estado negociar, por meio de novação, as dívidas contraídas até o exercício financeiro de 2010. Relator da matéria, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PTB) conseguiu aprovar por unanimidade uma Emenda Substitutiva, onde priorizou pequenos e médios credores e estabelece um calendário de pagamento, de acordo com o valor da dívida.

Ao defender a proposta, Ezequiel lembrou que as dívidas não são do Governo Wilma de Faria, Iberê Ferreira e nem da governadora Rosalba... Mas, são dívidas do Estado do Rio Grande do Norte.

“A nossa Emenda Substitutiva estabelece parâmetros objetivos para a solução definitiva do problema das dívidas, sem penalizar quaisquer das partes. Assim, nossos colegas da CCJ entenderam por unanimidade, que ao aperfeiçoar a proposta, torna-se um verdadeiro instrumento de transparência e impessoalidade para o pagamento dos débitos contraídos do Governo do Estado, por sua administração direta e indireta”, frisou.

Estiveram presentes à reunião da CCJ todos os seus membros: o deputado Agnelo Alves (PDT), que preside a comissão e os deputados: Fernando Mineiro (PT), Tomba Farias (PSB) e Larissa Rosado (PSB), que foram favoráveis a proposta de Ezequiel.

Comentários (0)