Banner

Política

Ex-prefeito de Lajes Pintadas tem direitos políticos suspensos

Imprimir
PDF

jucier-lajesO ex-prefeito de Lajes Pintadas Francisco Jucier Furtado (1997-2000) teve suspenso seus direitos políticos e está proibido de contratar com o poder público por três anos, além de ter que pagar multa.

A sentença é resultado de ação de improbidade ajuizada pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN). De acordo com a decisão, proferida pela 4ª Vara da Justiça Federal, o prazo começa a contar a partir do trânsito em julgado da condenação, ou seja, quando não couber mais recurso.

A ação foi motivada pela não prestação de contas, no devido tempo, de recursos repassados à Prefeitura de Lajes Pintadas através de convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para manutenção de escolas públicas com mais de 20 alunos do ensino fundamental.

Apesar de notificado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e FNDE, Francisco Jucier Furtado só apresentou a prestação de contas sete anos depois do prazo estabelecido, em 2006. Diante das irregularidades apuradas, o TCU condenou o ex-gestor a ressarcir mais de R$ 12 mil aos cofres públicos, bem como pagar multa de R$ 1.200.

Com informações do Ministério Público Federal

autoescolar3a1banner

Comentários (0)

Direção nacional autoriza prefeitos do PP no RN a deixarem o partido

Imprimir
PDF

Sem liderança desde que o diretório estadual do partido caducou, em maio deste ano, o Partido Progressista sofre ameaça de ser esvaziado no Estado, e com incentivo da própria legenda. A direção nacional, informou interlocutor com trânsito livre no partido, vai dar carta branca a quem se decidir pela desfiliação.

Dois nomes são cotados para assumir a presidência até setembro, prazo para o partido se reestruturar com vistas às eleições do próximo ano: o ex-senador Geraldo Melo e o prefeito de Lajes, Benes Leocádio, que já foi presidente do diretório estadual do partido.

O nome do atual prefeito de Assú, Ivan Lopes Júnior foi cogitado, mas a direção nacional do partido o descartou.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Iberê critica Rosalba no Poti

Imprimir
PDF

ibereO ex-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) se mostra magoado com as críticas que recebeu da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Ele declarou que a democrata, desde que assumiu o Executivo, focou suas ações para passar uma imagem "falsa" de que tinha recebido um estado "arrasado".

Com o balanço das dívidas deixadas pelo seu governo, o pessebista afirma que os números reais dos débitos recebidos pela gestora não chegaram aos R$ 150 milhões, diferente do valor de R$ 800 milhões divulgado pela democrata. "O estado parou, a arrecadação subiu, o arrocho fiscal aumentou, o turismo caiu, a geração de empregos despencou, as obras foram paralisadas", afirmou Iberê, sobre o início do governo do DEM. Ele também criticou as medidas tomadas pelo governo na economia.

Para o ex-governador, a medida de acabar com os incentivos fiscais é uma "gulodice fiscal" da governadora e só prejudica o desenvolvimento e a geração de empregos no Estado.

carto_bem_estar

Comentários (0)

Nova pesquisa pelas ruas de Santa Cruz

Imprimir
PDF

Tem pesquisa na área. O Blog recebeu informações de populares que responderam uma pesquisa eleitoral que está sendo realizada pelas ruas de Santa Cruz.

A pesquisa está fazendo três pergunta para os eleitores:

  • O que você acha da administração do prefeito Péricles Rocha?
  • Em quem você votaria para prefeito de Santa Cruz (estimulada)?
  • Em quem você votaria para vereador de Santa Cruz (espontânea)?

Não se sabe quem encomendou a pesquisa ou se ela vai ser publicada, vai depender se quem encomendou se deu bem na pesquisa. É aguardar os próximos dias. O Blog vai ficar de olho para tentar trazer os números da pesquisa eleitoral.

banersaomiguel

Comentários (0)

FPM de julho deste ano aumenta 22,31% em relação a 2010

Imprimir
PDF

O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) continua se recuperando no comparativo com 2010, mas ainda com oscilações em 2011 que são motivo de preocupação para os prefeitos do Rio Grande do Norte. O FPM fechou julho com queda de 25,36% em relação a junho e aumento de 22,31% no comparativo com julho de 2010.

Este mês, somados os valores os três repasses feitos a cada dez dias a todas as prefeituras do Rio Grande do Norte, o FPM totalizou R$ 66.448.546,55 contra R$ 89.023.535,02 repassados em junho passado e R$ 54.330.038,93 repassados em julho de 2010.

Neste mês de julho, as prefeituras do Rio Grande do Norte de coeficiente 0.6 receberam, líquidos, R$ 234.581.61, as de coeficiente 0.8, 312.774,38 e as de coeficiente 1.0, R$ 390.968,47. Destes valores já estão descontados as contribuições para o Fundeb e Saúde, além do recolhimento do Pasep.

IMG-20171205-WA0069

Comentários (0)