Banner

Estadual

UFRN e Governo do RN discutem formalização de parcerias

Imprimir
PDF

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) participou de reunião com a Secretaria de Gestão de Projetos e Metas de Governo (SEGEPRO), na tarde desta terça-feira, 16, no Centro Administrativo do Governo do Rio Grande do Norte. O encontro teve o objetivo de fomentar parcerias da instituição de ensino com administração estadual.

O secretário de Gestão de Projetos e Metas de Governo, Vagner Araújo, convidou a UFRN no intuito de formalizar novas parcerias que proporcionem ao estado a oferta de recursos humanos qualificados e apoio técnico especializado, para atuar nas principais demandas, como segurança, saúde e educação.

O reitor em exercício, José Daniel Diniz Melo, disse que faz parte da missão da UFRN contribuir com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e que a instituição está de portas abertas para aumentas os convênios com o Governo do Estado.

O professor aproveitou para citar trabalhos conjuntos desenvolvidos, como a criação e o aperfeiçoamento de softwares, parceria com a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), além da oferta de cursos de capacitação e qualificação, como o Programa de Residência em Tecnologia da Informação Aplicada à Área Jurídica ou Órgãos de Controle, com alunos do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte e da Justiça Federal.

Na perspectiva da SEGEPRO, esses convênios trarão agilidade na resolução das demandas, darão prioridade à mão de obra local e permitirão que a Universidade possa aplicar diretamente suas pesquisas na gestão pública estadual.

Como resultado da reunião, ficou formado um grupo técnico, que irá levantar as demandas mais urgentes da administração estadual, em seguida, a UFRN irá analisar e apontar sugestões e profissionais qualificadas para auxiliar na resolução das solicitações.

banner_odontopremium

Comentários (0)

Com prorrogação da Lei 13.340, Banco do Nordeste intensifica ações para regularizar dívidas com produtores rurais

Imprimir
PDF

banco-do-nordeste_logo

Produtores rurais de todo Nordeste, norte de Minas Gerais e Espírito Santo terão novo prazo para regularizar suas dívidas com o Banco do Nordeste e usufruir dos benefícios oferecidos pela Lei 13.340, que engloba operações contratadas até 2011. Toda a rede de agências do BNB está mobilizada no atendimento aos clientes cujos financiamentos são enquadráveis.

O Governo Federal prorrogou o prazo de vigência dos benefícios, que venceriam em 31 de dezembro de 2017 para até 27 de dezembro de 2018. Ano passado, foram regularizadas pelo Banco mais de 217 mil operações, o que corresponde a R$ 7,1 bilhões entre liquidações e repactuações. Os clientes beneficiados pela Lei 13.340 contam com vantagens como descontos de até 95% para liquidação ou podem renegociar pagamento até 2030.

"O Banco tem empreendido ações com vistas à racionalização dos processos para garantir celeridade aos clientes que buscam se beneficiar com os descontos e facilidades de pagamento assegurados pelos mecanismos legais", destaca o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Para levar informação ao conhecimento dos produtores rurais, o Banco do Nordeste investe em ações de comunicação (campanha publicitária, envio de SMS, divulgação em mídias sociais e demais meios de comunicação) e ações negociais, com realização de agências itinerantes e parcerias com entidades classistas, a exemplo da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA, Federações e Sindicatos Rurais.

A liquidação dessas dívidas possibilita que os produtores regularizem seus financiamentos e voltem a obter novos créditos. Para mais informações sobre as condições de renegociação ou liquidação de dívidas com o Banco do Nordeste, os clientes podem buscar a rede de agências ou realizar contato por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente, via telefone: 0800 728 3030.

carto_bem_estar

Comentários (0)

UFRN: Pós em Engenharia Civil oferece 36 vagas para mestrado

Imprimir
PDF

O Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil (PEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas até o dia 12 de janeiro de 2018 para curso de mestrado em Engenharia Civil. São 36 vagas distribuídas entre as áreas de Geotecnia, Processos Construtivos e Estruturas.

Os interessados devem realizar inscrição via Sigaa, por meio da ficha de inscrição em que devem ser anexados os documentos exigidos no edital. Ao preencher a ficha de inscrição o candidato deve informar se deseja concorrer a uma das bolsas do PEC.

Os classificados na etapa de Análise do Histórico e Currículo serão submetidos à Arguição Técnica, que será realizada de 31 de janeiro e 2 de fevereiro, em local divulgado junto à convocação para as entrevistas.

O resultado final será divulgado até o dia 12 de fevereiro, a partir das 17h no site do PEC.

banner_odontopremium

Comentários (0)

UFRN é destacada entre as mais competitivas da ciência brasileira

Imprimir
PDF

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi citada entre as instituições de ensino superior atualmente mais competitivas da ciência brasileira, conforme artigo publicado no Jornal da Ciência, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). De autoria do diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Wanderley de Souza, o texto aborda o apoio à ciência no Brasil e destaca o recente surgimento do Instituto Serrapilheira, primeira instituição privada sem fins lucrativos que se dedica exclusivamente ao fomento científico no país.

A UFRN foi uma das seletas instituições a ter cinco pesquisas selecionadas para financiamento na primeira chamada pública do Serrapilheira. O desempenho foi considerado "excelente" por Wanderley de Souza, que elencou a UFRN junto a outras instituições que também apresentaram mais de uma pesquisa aprovada: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Centro Nacional de Pesquisa em Energia de Materiais (CNPEM), Pontifícia Universidade Católica do RJ (PUC-RJ), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade Federal do Ceará (UFC).

"Estes dados vão apontando as instituições atualmente mais competitivas da ciência brasileira", afirmou o autor, que destacou a presença da UFRN e da UFC como uma demonstração de que "a qualidade da ciência brasileira está sendo gradualmente descentralizada".

banner_carloschagas

Comentários (0)

Policiais civis encerram greve no RN

Imprimir
PDF

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte encerrou nesta terça-feira (9) a greve iniciada em 20 de dezembro. A decisão foi tomada em assembleia e confirmada pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol).

O Sinpol informou que as atividades da Polícia Civil serão normalizadas ainda nesta terça.

Já a Polícia Militar aguarda a assinatura de um Termo de Ajustamento de Gestão por parte do governo do estado, Ministério Público e Assembleia Legislativa para deliberar sobre o fim da greve.

Com informações do G1

banner_675x90

Comentários (0)