Banner

Estadual

UFRN inscreve municípios para Projeto Trilhas Potiguares

Imprimir
PDF

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas para os municípios interessados em participar da edição 2018 do Trilhas Potiguares, programa de extensão com efetiva interação entre universidade e comunidade. Podem participar cidades com até 15 mil habitantes, que receberão equipes compostas por dois coordenadores e até 20 discentes de diversos cursos de graduação e pós-graduação, assim como técnico-administrativos da UFRN.

As inscrições seguem até 23 de fevereiro de 2018 e são realizadas a partir do preenchimento da ficha de inscrição anexa ao edital, que deve ser encaminhada para o e-mail trilhas_potiguares@hotmail.com ou entregue na Coordenadoria de Programas e Projetos da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UFRN. Os municípios e coordenadores selecionados serão divulgados no site da Proex até 19 de março. Outras informações constam em edital, disponível no link.

banner_carloschagas

Comentários (0)

UFRN: Nutrição abre processo seletivo para mestrado acadêmico

Imprimir
PDF

O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGNUT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas até o dia 24 de janeiro para o exame de seleção do Curso de Mestrado Acadêmico em Nutrição.

A taxa é de R$ 80, e o processo de inscrição pode ser feito no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). O comprovante de pagamento da taxa deverá ser enviado digitalizado para o e-mail: ppgnut@ccs.ufrn.br, até o último dia da inscrição.

O processo seletivo será realizado no período de 7 de fevereiro a 5 de março. O calendário, local e o horário da prova escrita serão divulgados na página do PPGNUT, sendo responsabilidade dos candidatos buscarem essa informação em tempo hábil.

A primeira etapa da seleção consiste em uma prova escrita, sendo eliminatória e classificatória. Já a segunda etapa, análise curricular, será classificatória. A lista dos candidatos com o resultado final será divulgada na página e no mural do PPGNUT localizado no Departamento de Nutrição da UFRN. Mais informações podem ser obtidas no edital do processo seletivo.

banner_odontopremium

Comentários (0)

Em nota, CORECON/RN se solidariza com os servidores públicos e propõe repactuação orçamentária ao Estado

Imprimir
PDF

Presidente_CORECON-RN_Ricardo_Valrio_-_Foto_Elpdio_JniorO Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN, diante do caótico cenário fiscal do Estado, que culminou com a divulgação pelo Governo do RN sobre a folha de pagamento dos servidores, aos quais não receberão – como é de direito – o décimo terceiro salário, bem como os proventos do mês de dezembro, além dos atrasos em relação aos salários de novembro/2017, se solidariza com os funcionários públicos e seus familiares, ciente do enorme transtorno que a atual situação traz, também, diante do período natalino e das festas de final de ano.

Ressaltamos que, este cenário de 'crônica da morta anunciada' das finanças do Estado do Rio Grande do Norte, a bem da verdade, foram originados, também, em governos anteriores, esses, postergando medidas urgentes para ajustar as contas e a realidade fiscal do Estado , se agravando no Governo atual.

Há tempos, os economistas do RN, entre outras entidades, como a Fecomércio, vêm alertando para a desproporcionalidade dos repasses das Receitas Correntes Líquidas – RCL, ao Poder Legislativo e, notadamente, ao Judiciário, acima da média nacional.

Não se concebe que, em um Estado pobre como o RN, esses Poderes tenham sucessivas sobras orçamentárias, sendo suficientes, inclusive, para cobrir a folha do décimo terceiro dos servidores públicos. E que, essas sobras de origem do caixa único do Governo do Estado, não sejam devidamente devolvidas aos reais e legítimos detentores, o Governo, emanado constitucionalmente pelo povo, ao qual o elegeu.

Assim, conclamamos mais uma vez, aos Três Poderes constituídos, a promoverem uma repactuação orçamentária, em nome da Governabilidade do Estado.

É urgente a prática dos princípios da solidariedade, do bom senso e da moralidade pública, antes que os carros blindados não sejam suficientes para resistir ao clamor popular, que tem levado ao então pacato RN, a tamanha insegurança, precarização da educação e da saúde pública.

banersaomiguel

Comentários (0)

Ministério da Fazenda descarta repasse ao RN por MP, após parecer contrário de MPF

Imprimir
PDF

O Ministério da Fazenda já comunicou ao Governo do Estado que o repasse extra ao Estado por meio de Medida Provisória não será possível, após o parecer contrário do procurador do Tribunal de Contas da União (TCU), Júlio de Oliveira.

O Governo do Estado estuda uma outra alternativa.

No parecer, o procurador disse que o repasse seria crime de improbidade administrativa por parte do Governo Federal.

carto_bem_estar

Comentários (0)

Escola de Saúde da UFRN contrata profissionais como professores mediadores

Imprimir
PDF

ufrn

A Escola de Saúde da UFRN torna público o Edital nº 17/2017-ESUFRN para seleção simplificada de contratação de profissionais para atuarem como Professores Mediadores Presenciais do Curso Técnico de Gerência de Saúde no âmbito da Rede e-Tec Brasil/MEDIOTEC EAD.

O curso é ofertado na modalidade a distância, com encontros presenciais, e a contratação é para atuação nos polos de: Assú, Currais Novos, Mossoró, Pau dos Ferros e Santa Cruz. Os selecionados formarão cadastro de reserva.

As inscrições são gratuitas e realizadas até o dia 15/12/2017 pelo e-mail: gerenciaetec@gmail.com de acordo com as orientações constantes no edital disponível no site www.escoladesaude.ufrn.br, menu 'Concursos e Processos Seletivos'.

Os professores mediadores atuarão diretamente nos seguintes blocos de componentes curriculares:

Bloco 1: Princípios e Fundamentos da Gestão (60h); Gestão de Pessoas (60h); Gestão de Materiais e Logística (60h); Gestão Contábil (40h); Matemática Financeira (40h); Gestão de Custos Aplicada à Saúde (60h); Gestão da Qualidade na Saúde (40h); Gestão da qualidade na saúde (40h).

Pré-requisitos para concorrer à função de professor mediador das disciplinas do Bloco 1: curso de formação superior na área de Administração ou Gestão Hospitalar.

Bloco 2: Epidemiologia aplicada aos serviços de saúde (40h); Vigilância em Saúde (60h); Sistemas de Informações em Saúde (60h); Bioestatística (40h); Planejamento e avaliação em saúde (40h); Financiamento e regulação da assistência na saúde (60 hs); Planejamento e avaliação em saúde (40 h).

Pré-requisitos para concorrer à função de professor mediador das disciplinas do Bloco 2: curso de formação superior na área de Gestão Hospitalar ou Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde da saúde, ou ainda na área de saúde, desde que o candidato possua pós-graduação em saúde coletiva ou saúde pública ou gestão em saúde ou epidemiologia ou em saúde da família.

carto_bem_estar

Comentários (0)