Banner

Estadual

Natal tem ataque a ônibus e ameaças

Imprimir
PDF

onibus_218Os ônibus que circulam em Natal foram recolhidos às garagens. A ordem foi dada e a informação confirmada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Rio Grande do Norte. A justificativa é a falta de segurança. Desde a tarde desta quarta (18), onze ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo do estado e duas delegacias sofreram ataques criminosos no Rio Grande do Norte. O vídeo acima mostra um dos ônibus em chamas. Não há informação de pessoas feridas.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, está sendo investigado se os ataques têm relação com a crise no sistema penitenciário do estado. "Pessoas já foram presas", afirmou, mas sem revelar a quantidade de detidos.

Ainda de acordo com o sindicato dos rodoviários, uma reunião a ser realizada ainda na noite desta quarta vai definir se os ônibus circularão normalmente nesta quinta (19).

O Sintro informou que a frota de ônibus da capital potiguar é formada por 630 veículos. Nesta época do ano, em razão das férias, 380 mil pessoas usam o transporte público diariamente na cidade.

Os ataques acontecem no mesmo momento em que a PM faz a remoção de presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No local, 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana. Destes, segundo o governo, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Com informações do G1

banner_carloschagas

Comentários (0)

Operação transfere 220 presos da Penitenciária de Alcaçuz

Imprimir
PDF

18.01_Operao_de_transferncia_de_presos_em_Alcauz_-_Foto_Ivanizio_Ramos_1A operação de hoje tem como objetivo evitar conflitos entre as facções e conta com as forças especiais da Polícia Militar e da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). Houve a necessidade de liberar vagas em Parnamirim para receber os presos que estavam amotinados, principalmente, nos pavilhões 1 e 3. Os detentos do PEP foram encaminhados à Cadeia Pública de Natal e a Alcaçuz.

O secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, considerou a operação exitosa até o momento da coletiva. "Não houve resistência por parte dos presos, fizemos revistas em todos os pavilhões e estamos concluindo a transferência dos presos. Foram localizadas armas de fogo, um colete balístico e uma grande quantidade de armas brancas", destacou.

Cerca de 400 policiais e agentes penitenciários trabalharam na trânsferência, que está sendo realizada em dez ônibus, 60 viaturas, um veículo blindado Centurion do Choque e a Aeronave Potiguar I, que ainda contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Sobre as recentes ocorrências na capital, o secretário explicou que ainda está sendo investigada a relação dos crimes com a transferência dos presos. "As nossas forças de segurança estão mobilizadas para garantir a normalidade nas ruas e as investigações sobre possíveis retaliações já estão sendo feitas", frisou Caio.

Comentários (0)

Polícia Civil cria comissão de delegados para investigar as mortes ocorridas em Alcaçuz

Imprimir
PDF

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte criou uma comissão, formada por quatro delegados, para investigar os assassinatos de detentos que foram executados dentro da Penitenciária de Alcaçuz, no último sábado (14). A comissão é formada por três delegados da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pelo titular da Delegacia de Polícia Civil de Nísia Floresta, cidade onde está situada a Penitenciária.

A comissão será presidida pelo delegado Marcus Vinícius (DHPP) e contará com o trabalho dos delegados Reginaldo Soares (DHPP), JamileAlvarenga (DHPP) e pelo delegado Elói Carvalho (DP de Nísia Floresta). "A Polícia Civil está empenhada para identificar quais são os autores das mortes ocorridas dentro da Penitenciária. Será um trabalho intenso e para tanto criamos esta Comissão. A Polícia Civil ouviráos criminosos que ordenaram e que participaram dos ataques e também apurará informações de sobreviventes. Três fugitivos já foram recapturados e vamos ouvi-los o mais rápido possível", falou o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior.

ARTE_PARA_BLOG

Comentários (0)

MPF seleciona estagiários de nível superior em Natal

Imprimir
PDF

Estudantes de nível superior das áreas de Comunicação Social, Informática e Engenharia Civil poderão concorrer a vagas de estágio no Ministério Público Federal, em Natal. As inscrições para o processo seletivo serão feitas entre os dias 23 de janeiro e 3 de fevereiro e a seleção é baseada em provas de conhecimento específico para cada área, a serem aplicadas no mês de fevereiro.

Poderão participar estudantes que tenham concluído pelo menos 40% da graduação e não venham a se formar no primeiro semestre deste ano. Para se inscrever, é necessário preencher o formulário disponível no site do MPF/RN e entregar no edifício-sede da Procuradoria da República em Natal (confira o endereço abaixo) a seguinte documentação: original e cópia de identidade e CPF, declaração de matrícula e histórico acadêmico. Essa entrega deve ser feita dentro do prazo de inscrições, somente nos dias úteis, das 11h às 16h.

As provas objetivas estão agendadas para o dia 12 de fevereiro, das 9h às 12h, em local a ser divulgado posteriormente. Na ocasião, o candidato deve portar caneta esferográfica azul ou preta, comprovante de inscrição e carteira de identidade. Os portões serão fechados às 8h45. No caso dos candidatos de Comunicação Social, também será aplicada uma prova prática para os primeiros 12 colocados na fase objetiva, a ser realizada no dia 19 do mesmo mês.

A recomendação é ficar atento às notícias no site do MPF/RN (www.mpf.mp.br/rn), para não perder os prazos. O formulário de inscrição e o edital - que contém todo o conteúdo programático -, bem como os demais documentos relativos ao processo seletivo, estão acessíveis em http://www.mpf.mp.br/rn/estagie-conosco/concursos-de-estagio/2016/processo-seletivo-para-estagiario-de-comunicacao-social-engenharia-civil-e-informatica-da-pr-rn. 

banner_carloschagas

Comentários (0)

Três municípios do RN dividirão mais de R$ 1,5 milhão para investir em saúde

Imprimir
PDF

Rogrio20discursa20no20plenrioOs municípios de Lagoa de Pedras, São José do Mipibu e Touros dividirão mais de R$ 1,5 milhão para investir em saúde pública. Os recursos foram obtidos junto ao Ministério da Saúde graças a emendas parlamentares do deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte.

A cidade de Lagoa de Pedras terá direito a R$ 470 mil do montante, já São José de Mipibu ficará com R$ 650 mil, enquanto a Prefeitura de Touros receberá R$ 424 mil. Os recursos permitirão que os municípios invistam na compra de material médico-hospitalar e na melhoria da saúde básica oferecida aos cidadãos.

Rogério Marinho comemorou a liberação dos recursos. "As emendas são fundamentais para os municípios brasileiros, ainda mais em um momento de crise como o que passamos atualmente. São recursos que permitem as Prefeituras fazer melhorias em setores essenciais para a nossa sociedade, como é a saúde pública", disse o parlamentar.

O deputado federal reafirmou seu compromisso e sua parceria não apenas com as três Prefeituras beneficiadas neste momento, mas também com as demais cidades do RN. O parlamentar mantém a expectativa de que mais recursos serão liberados em breve para os municípios potiguares pelo governo federal.

supercopia_ok

Comentários (0)