Banner

Estadual

Economia desacelera e cai ritmo de contratações no RN

Imprimir
PDF

Seguindo movimento registrado em outras áreas da economia, o segmento registrou queda na geração de empregos formais em julho de 2011 no Rio Grande do Norte em comparação com o mesmo período de 2010 e 2009. Mas não foi o único a puxar o freio de mão. A economia potiguar, como um todo, dá sinais de desaceleração. E o número de empregos gerados no mês passado e no ano é prova disso.

Se considerado apenas o mês de julho, foram abertos 1.293 postos de trabalho com carteira assinada no estado, considerando todos os setores da economia. Em julho de 2010, foram 3.078. Em julho de 2009, 2.899. O resultado registrado no mês, em 2011, é o pior desde 2005, segundo o Ministério do Trabalho. O desempenho do estado nos primeiros sete meses do ano também ficou abaixo do esperado.

Entre janeiro e julho de 2011, o RN gerou 242 empregos formais (incluindo as informações declaradas fora do prazo) - número 46 vezes menor que o registrado no mesmo período do ano passado, quando criou 11.266 postos de trabalho formais.

Comentários (0)

Ministro da Justiça vem ao RN lançar campanha do desarmamento

Imprimir
PDF

A governadora potiguar Rosalba Ciarlini entregou ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ofícios solicitando a construção de dois presídios: um para mulheres e outro para jovens entre 18 e 24 anos.

O ministro deverá responder aos pedidos até o dia 2 de setembro, quando lançará a Campanha Nacional do Desarmamento 2011 no Rio Grande do Norte. Na viagem ao estado ele também deverá visitar a Penitenciária Federal de Mossoró.

Os dois presídios deverão ser construídos com recursos do Fundo Penitenciário Nacional, através de convênio a ser firmado entre o governo do Rio Grande do Norte e o Ministério da Justiça. No final de maio, Rosalba e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, reuniram-se com o ministro José Eduardo Cardozo para tratar sobre a superlotação do sistema prisional potiguar.

Comentários (0)

Propostas entregues à Anac salvam leilão do aeroporto

Imprimir
PDF

Pelo menos duas empresas estão oficialmente interessadas em participar do leilão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, marcado para o próximo dia 22, na BM&FBovespa, em São Paulo. Uma delas é a Engevyx, empresa brasileira do segmento de engenharia consultiva, que presta serviços na elaboração de estudos, de projetos, no gerenciamento de obras e em empreitadas integrais nos setores público e privado, do Brasil e do exterior.

Segundo matéria publicada no portal G1, a TPI (Triunfo Participações e Investimentos) também apresentou proposta, em consórcio com a espanhola FCC.

Com a movimentação das empresas, pelo menos um risco que rondava o aeroporto está descartado: O de que não houvesse interessados, como aconteceu com o projeto (que não obteve propostas) do trem-bala ligando Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro.

autoescolar3a1banner

Comentários (0)

Delegacias fecham com saída de Policiais Militares

Imprimir
PDF

Começou ontem a retirada de uma parte dos 79 policiais militares que trabalham improvisadamente em delegacias de Polícia Civil no Rio Grande do Norte. As primeiras mudanças ocorreram em Mossoró e cidades vizinhas, inviabilizando o funcionamento de praticamente todas as delegacias da região. Em Apodi, o atendimento foi suspenso pela manhã. Em Areia Branca, 180 processos ficarão parados. Os delegados de Pau dos Ferros e Alexandria já anunciaram que vão "fechar" as portas sem seus militares.

O deficit de agentes e escrivães de Polícia Civil, estimado pelo sindicato da categoria em aproximadamente 5 mil no Rio Grande do Norte, forçou a utilização de policiais militares nas delegacias de Polícia Civil. Só em Mossoró e cidades vizinhas, quase 30 policiais militares foram removidos ontem. A ordem do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Francisco Araújo Silva, é que os 79 policiais sejam reintegrados aos seus batalhões.

Um levantamento feito pelo Sindicato dos Policiais Civis e Servidores do Itep (SINPOL) do Rio Grande do Norte, em setembro de 2009, mostra que apenas 22,7% dos municípios potiguares têm policiais civis (muitos com apenas um agente). Das 167 cidades potiguares, 129 delas não têm policiais civis e o trabalho de investigação vinha sendo feito com o apoio de policiais militares, que eram cedidos pelos batalhões às delegacias.

Com informações da Tribuna do Norte

arraiaradiobanner2017

Comentários (0)

Cidades precisam se apressar na elaboração de Plano de Saneamento

Imprimir
PDF

Com prazo previsto para dezembro de 2013, a Lei 11.445 estabelece que os municípios devem elaborar planos individuiais de saneamento. Aqueles que não cumprirem a determinação perderão recursos federais.

De acordo com o diretor-presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, Walter Gazi, tem sido feito um trabalho de assessoramento. Serão R$ 800 milhões destinados, sendo que deste total R$ 450 milhões ficarão com Natal.

Os municípios precisam correr com a elaboração dos seus planos, pois todos têm que passar por aprovações em audiências públicas e nas câmaras de vereadores.

arraiaradiobanner2017

Comentários (0)