Banner

Estadual

Ielmo Marinho terá corte no salário de prefeito e secretários

Imprimir
PDF

Ielmo_Marinho_area_-_Foto_Divulgao

Diante do atual cenário frustração de receitas que atinge vários municípios do país, Ielmo Marinho vai iniciar essa semana uma série de medidas para conter despesas, atender a uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), e combater a crise financeira. Todas as medidas estão no Decreto publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira (2).

Entre as medidas estão: o corte de 20% no salário do prefeito Cássio Cavalcanti, dos secretários e dos adjuntos; exoneração de aproximadamente 20% dos cargos comissionados; redução da frota de veículos e de gastos com telefone, energia e material de expediente; além da suspensão de contratos não emergenciais, aditivos contratuais e gratificações.

Nos últimos anos, Ielmo Marinho teve uma reduções significativas nas fontes de receitas como royalties, Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), impostos e outras receitas voluntárias. O que provocou um aumento das despesas com pessoal chegando ao patamar de 50,79% da receita, superando o limite de alerta de 48,6% previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Com as medidas, o Município espera economizar aproximadamente R$ 300 mil por mês e ficar dentro do limite de gastos de pessoal, ou seja, abaixo do percentual de 48,6%.

O vereador Tiago Menezes, líder da bancada governista na Câmara Municipal, destacou que esse é o momento de união de reduzir o custeio da Prefeitura. "O prefeito Doutor Cássio corta da própria carne. Somos solidários ao prefeito, porque agora é a hora de mostrar como uma boa gestão supera uma crise", disse.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Inscrições do concurso da logomarca dos 60 anos da UFRN

Imprimir
PDF

Começam no dia 23 de outubro as inscrições das propostas que pretendem concorrer à seleção da logomarca comemorativa dos 60 anos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O prazo termina no dia 3 de novembro de 2017, conforme cronograma do edital do concurso publicado na edição do Diário Oficial da União em 4 de setembro de 2017. A premiação para a proposta vencedora é de R$ 5.000.

Serão aceitas apenas propostas originais e inéditas, produzidas por iniciativa dos participantes e inscritas individualmente. Poderão participar servidores técnico-administrativos e docentes, ativos ou aposentados, bem como discentes da UFRN e pessoas físicas da sociedade. De acordo com o Edital, cada participante só poderá inscrever duas propostas.

A comissão julgadora será constituída por cinco membros, na condição de representantes indicados pelo Departamento de Artes, Departamento de Comunicação, Pró-Reitoria de Extensão, Editora Universitária e Departamento de Arquitetura.

Os critérios para a avaliação das propostas concorrentes são: criatividade, originalidade comunicação, aplicabilidade e representatividade. O resultado final será divulgado às 14h, no dia 8 de novembro de 2017. A realização do concurso está sob a coordenação geral da Comissão Executiva do Sexagenário da UFRN, constituída pela reitora Ângela Paiva Cruz em 8 de maio de 2017.

supercopia_ok

Comentários (0)

Banco do Nordeste consulta setor produtivo no planejamento do FNE 2018

Imprimir
PDF

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), operacionalizado com exclusividade pelo BNB, está em fase de planejamento para o ano de 2018. Entidades empresariais norte-rio-grandenses do Comércio, Serviços e Indústria, além de representantes de entidades ligadas ao campo foram convidados para definir a política de aplicações dos recursos no Estado. Instituições como o Sebrae-RN, IBGE e Secretarias de Governo também contribuem para o trabalho. Todos os atores envolvidos participam de encontro, marcado para o dia 20 de setembro, com o objetivo de definir a programação do FNE.

Foram realizadas duas reuniões temáticas preparatórias, para empreendimentos urbanos e rurais. A sistemática consiste  no compartilhamento de estratégias, programas e projetos do Governo do Estado e da iniciativa privada para a construção da programação do FNE 2018. O Banco do Nordeste colhe subsídios que vão contribuir para orientar a aplicação dos recursos do Fundo, que prevê disponibilizar R$ 805 milhões somente no Rio Grande do Norte.

A análise da necessidade de mais recursos e quanto será destinado para cada setor da economia são as principais questões a serem respondidas. A sistemática de trabalho desenvolvida pela equipe do BNB analisa quais atividades apresentam maior potencial de crescimento para 2018; quais as ações estruturantes existentes no Estado e como contribuir para sua ampliação; e como alavancar setores com crescimento abaixo do potencial.

banner_odontopremium

Comentários (0)

UFRN: DNUT oferece oficina de culinária sobre Intolerâncias Alimentares

Imprimir
PDF

A Coordenadoria de Qualidade de Vida no Trabalho, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com o Departamento de Nutrição (DNUT), abre inscrições entre os dias 15 e 27 de setembro, para a Oficina Culinária de Intolerâncias Alimentares ao Glúten e à Lactose.

A Oficina Culinária tem como objetivo auxiliar servidores da UFRN que apresentam intolerância alimentar, visando reduzir os sintomas relacionados à ingestão de alimentos que contêm glúten e lactose. O encontro acontece no dia 29 de setembro, das 13h às 17h30, sendo dividido em dois momentos: palestra sobre o tema central da oficina, na sala B do Departamento de Nutrição, e preparo de receitas no Laboratório de Técnica Dietética do mesmo Departamento.

Os servidores interessados deverão se inscrever pelo Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), seguindo o seguinte caminho: Menu Servidor > Capacitação > Inscrições > Realizar Inscrição. A relação dos inscritos será disponibilizada no dia 28 de setembro, a partir das 15h, na página da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp).Para participar é necessário apresentar atestado médico que comprove o diagnóstico de intolerância ao glúten e/ou à lactose. E no dia da Oficina os inscritos deverão comparecer de sapato fechado antiderrapante e calça comprida. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (84) 3342-2296 (opção 4) e 9 9474-6674 ou pelo e-mail viveremharmonia@reitoria.ufrn.br.

banner_odontopremium

Comentários (0)

Sinfônica da UFRN faz concerto dentro da programação do Setembro Cidadão

Imprimir
PDF

Sinfonica_Logo

O Setembro Cidadão tem em sua programação a apresentação da Orquestra Sinfônica da UFRN, que sobe ao palco neste sábado (16), na Escola de Música da UFRN, para o "V Concerto Oficial" da Temporada 2017 em duas sessões, às 18h e 20h.

O maestro André Muniz explica que a Sinfônica da UFRN vem se firmando como um dos principais conjuntos orquestrais do Nordeste. "Devido a este trabalho intenso de busca pela excelência, a Sinfônica da UFRN hoje é um patrimônio musical do Rio Grande do Norte. Nosso público vem aumentando de forma expressiva, mas nossa sala de concerto é a mesma de quando começamos", afirma.

O quinto concerto traz as obras de alto nível orquestral. José Maurício Nunes Garcia – Abertura em Ré e Johannes Bhrams: Concerto duplo para violinoe violoncelo em la menor.

A Orquestra

Constituída por alunos dos cursos técnico, graduação e de pós-graduação da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Está sob a direção do maestro André Muniz .  A Orquestra Sinfônica da UFRN começa as atividades no ano de 2009 e vem firmando-se com um dos principais ensembles orquestrais do Nordeste e uma das mais atuantes do Rio Grande do Norte. O grupo recebeu importantes premiações, como o "Prêmio Hangar" de melhor espetáculo do ano de 2011 e também o "Troféu Cultura" de "Melhor Show do ano" de 2012. Teve participações em renomados festivais de música do Brasil: Mostra de Música Internacional de Olinda (MIMO) e SESC-SP em parceria sinfônica com a Orquestra de Heliópolis. A OSUFRN recebeu mais de 18 solistas de vários lugares do mundo, entre eles: Martin Ostertag (violoncelo), Italo Balbini (violoncelo), Fany Solter (piano)e Stefano Algieri (tenor). Foi a primeira orquestra universitária do país a fazer turnê pela Europa (2015). Hoje é grupo permanente da UFRN.

banner_carloschagas

Comentários (0)