Banner

Assembleia Legislativa

Encontro da ABEL aborda planejamento para desenvolvimento das ações legislativas

Imprimir
PDF

ABEL

A importância do planejamento para o desenvolvimento das ações legislativas em todas as esferas orientou as apresentações e debates promovidos na primeira manhã do 28º Encontro da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (ABEL), que acontece até esta sexta-feira (18) em Natal com o apoio da Assembleia Legislativa do RN.

"O planejamento é fundamental. Sem ele não se chega a lugar nenhum. E leva tempo, dá trabalho e precisa de apoio dos gestores. Mas vemos que dá resultados, basta ver a repercussão do planejamento feito para a Assembleia Legislativa do RN", disse o diretor da Escola da Assembleia do RN, Carlos russo, que apresentou o exemplo do Planejamento na Escola da Assembleia do RN.

Além de promover o aperfeiçoamento através de eventos educativos de formação e qualidade de servidores, o encontro tem o propósito de difundir informações sobre os programas de ensino desenvolvidos pelas Escolas do Legislativo e estimular e fortalecer os programas de educação para cidadania com o intuito de aproximar o Poder Legislativo da população.

Para a diretora da Escola Legislativa de Minas Gerais, Ruth Schmitz de Castro, eventos desse porte proporcionam uma troca de experiências ímpar. "São momentos como esse que nos ajudam a pensar melhor o nosso trabalho. As Escolas Legislativas se voltam não só para a educação legislativa do servidor, mas também do cidadão. A educação da sociedade em relação ao que é feito nas Assembleias Legislativas", destaca.

A prioridade para a educação tem sido uma das principais marcas do deputado Ezequiel Ferreira como presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A Escola da Assembleia cresce e se fortalece a cada dia. Ao longo deste ano foram ofertadas 259 atividades acadêmicas, que incluem cursos, palestras, oficinas, pós-graduações e mestrado. São cursos de excelência, certificados e inteiramente gratuitos. O público alvo foi o servidor da Assembleia. Natal já foi sede do encontro da ABEL em duas oportunidades: em 2008, quando do 12º encontro e em 2012, na 19º edição.

SANTACRUZ460X67-adek

Comentários (0)

Assembleia Cidadã apresenta artigo científico em encontro nacional

Imprimir
PDF

ARTIGO

Os resultados que o novo formato da Assembleia Cidadã está colhendo nas escolas se tornaram objeto de estudo exposto em artigo científico para pesquisadores de lazer de todo o País, que se reúnem em Natal, no campus centra do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFRN), que sedia o Encontro Nacional de Recreação e Lazer (Enarel).

Desde que a atual gestão decidiu incluir entre suas metas o aperfeiçoamento através da educação, a Assembleia Cidadã tem levado desenvolvimento psicossocial às escolas, com atividades da lazer. Agora, os resultados são compartilhados.

"A primeira coisa que a gente pode identificar foi a questão do comportamento. Numa das escolas, os alunos tinham comportameno agressivo, hostil. A primeira vez que a gente fez a intervenção, sentiu isso. A partir da segunda, eles já tinham uma receptividade com a equipe, principalmente com os profissionais. Já tinham docilidade e interesse em participar das atividades. Já interagiam com outros colegas. No terceiro encontro a gente percebeu isso consolidado, e os alunos já perguntavam quando voltaríamos", explicou a pedagoga da Assembleia Cidadã, Elizani Silva.

A ideia agora, ao expor os resultados, é permitir que o modelo possa ser copiado para outros lugares do Brasil. Mas não bastam apenas atividades de lazer. No caso da Assembleia Cidadã, destaca-se que as atividades têm acompanhamento de psicológoso para guiar os alunos e lhes indicar como alcançar ganhos pessoais através das atividades de lazer.

Reflexo desse alcance e do planejamento é que o projeto, nas escolas, foi executado com alunos de diversas faixas etárias, tento todos obtidos ganhos comportamentais.

"Nossas intervenções resultaram em ganhos. Com isso, queremos agora demonstrar como fizemos e apresentar esse modelo para os demais", comemorou Elizani.

supercopia_ok

Comentários (0)

Parlamentar do Ano será eleito dia 1º de dezembro na Assembleia

Imprimir
PDF

PARLAMENTAR

Os trabalhos dos deputados da 61ª legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte serão avaliados no dia 1º de dezembro com a eleição do Parlamentar do Ano, premiação que ocorre desde 1972 e elege o parlamentar com atuação destacada ao longo do ano. Em 2015, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Casa, foi eleito o Parlamentar do Ano pela imprensa.

A escolha é feita pelos jornalistas que cobrem diariamente as atividades da Assembleia Legislativa e é organizada pelo Comitê de Imprensa da Casa, presidido pelo jornalista Oliveira Wanderley. "Os jornalistas que são membros do Comitê escolhem aqueles que, na sua visão, tiveram atuação de destaque durante o ano", explica Oliveira.

Este ano, a eleição irá ocorrer das 8h30 às 11h30, na sala Jornalista Alexis Gurgel, sede do Comitê. Poderão votar todos os jornalistas que cobrem regularmente os trabalhos do Legislativo Estadual. A votação acontece de maneira espontânea, não havendo chapas estimuladas. Cada profissional da imprensa vota de acordo com a avaliação sobre o desempenho parlamentar do político escolhido.

O primeiro parlamentar agraciado com a homenagem foi o ex-deputado estadual Roberto Furtado (1972). Os últimos três deputados escolhidos como o Parlamentar do Ano foram Fernando Mineiro (PT), em 2013, Kelps Lima (Solidariedade), em 2014 e o atual presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PSDB), no ano passado.

SANTACRUZ460X67-adek

Comentários (0)

Morre ex-presidente da Assembleia Legislativa Willy Saldanha

Imprimir
PDF
WILLY

O Poder Legislativo do Rio Grande do Norte vem a público manifestar solidariedade aos familiares e amigos do ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa Willy Saldanha, que faleceu nesta quarta-feira (16) vítima de infarto, em Natal, aos 78 anos.

Willy Saldanha foi um deputado atuante, advogado e uma personalidade da história política potiguar, tendo um círculo de amizade em todo o Estado. Foi duas vezes vereador em sua cidade natal, Jardim de Piranhas, nos anos 1960. Em 1974 foi eleito pela primeira vez deputado estadual, reeleito em 1978, 1982 e 1986, tendo exercido a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte de 1985 a 1987. Foi também governador do Rio Grande do Norte interinamente.

No poder Executivo, Willy Saldanha dirigiu a Companhia Industrial de Desenvolvimento Agrário (CIDA), na gestão do então governador José Agripino Maia e, mais recentemente, foi diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-RN), na gestão Rosalba Ciarlini (2010-2014).

O velório do ex-deputado será na sede do Poder Legislativo, Salão Nobre Deputado Iberê Ferreira de Souza, a partir das 17h. O sepultamento ocorrerá nesta quinta-feira (17), em horário e local ainda a serem definidos pela família do ex-parlamentar, que deixa viúva e três filhos.

SANTACRUZ460X67-adek

Comentários (0)

Assembleia decreta luto oficial de três dias por morte de Willy Saldanha

Imprimir
PDF

LUTO

O Rio Grande do Norte se despediu, nesta quarta-feira (16), do ex-presidente da Assembleia Legislativa Willy Saldanha, que faleceu aos 78 anos, vítima de um infarto. Amigos e familiares participaram do velório do seridoense e o Poder Legislativo decretou luto oficial de três dias.

Presente ao velório, que ocorreu na sede do Poder Legislativo, o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), enalteceu a trajetória do político, que cumpriu quatro mandatos de deputado estadual, presidiu a Assembleia entre 1985 e 1987 e chegou a ocupar o Governo do Estado interinamente. Para Ezequiel, a morte de Willy Saldanha deixa uma grande lacuna na política norte-riograndense.

"É uma grande perda para a sociedade. Willy foi um exemplo de político que lutou sempre pelo bem comum. Ele cumpriu bem todas as missões que foram confiadas, seja nos quatro mandatos como deputado estadual, onde presidiu também esta Casa, seja em outras funções públicas. É uma grande lacuna que fica na política do nosso Rio Grande do Norte", disse Ezequiel Ferreira de Souza, que acompanhou o velório acompanhado do pai, o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Ezequiel Ferreira, amigo de Willy Saldanha.

O ato decretando o luto oficial de três dias foi assinado nesta quarta-feira (16) para publicação nesta quinta-feira (17).

História

Willy Saldanha foi um deputado atuante, advogado e uma personalidade da história política potiguar. Foi duas vezes vereador em sua cidade natal, Jardim de Piranhas, nos anos 1960. Em 1974 foi eleito pela primeira vez deputado estadual, reeleito em 1978, 1982 e 1986, tendo exercido a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte de 1985 a 1987.

No poder Executivo, Willy Saldanha dirigiu a Companhia Industrial de Desenvolvimento Agrário (CIDA), na gestão do então governador José Agripino Maia e, mais recentemente, foi diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-RN), na gestão Rosalba Ciarlini (2010-2014).

banner_carloschagas

Comentários (0)