Banner

Assembleia Legislativa

Tese de que o Brasil começou pelo RN é discutida em audiência pública em Touros

Imprimir
PDF

al_discussaotouros

Onde o Brasil foi descoberto, em Porto Seguro, na Bahia ou em Touros no Rio Grande do Norte? O tema polêmico vai ser debatido na manhã desta quinta-feira (12) a partir das 9h30 na Câmara Municipal de Touros, no litoral ao Norte de Natal, em audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa, por propositura do deputado Carlos Augusto (PCdoB). que em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (11) fez o convite aos colegas do Legislativo para participarem do debate.

"Convido os colegas deputados para participarem da audiência pública em Touros para tratar sobre o descobrimento do Brasil, sob o tema "Touros, o Brasil nasceu aqui". É um tema técnico que tem o viés político. O descobrimento do País é tido como sendo na Bahia, mas há provas de que aconteceu no Rio Grande do Norte", afirmou o deputado Carlos Augusto.

O deputado lembrou que os primeiros trabalhos sobre o assunto surgiram em 1998, quando o historiador Lenine Pinto reuniu evidências sobre o assunto no livro "A Reinvenção do Descobrimento". Agora, mais um livro reforça essa tese. A obra "1500 - De Portugal ao Saliente Potiguar", de Manoel de Oliveira Cavalcanti Neto, consolida o pensamento sobre o descobrimento no RN.

"Trata-se de uma reparação necessária ao Rio Grande do Norte. As potencialidades turísticas que podem resultar a partir desse assunto são inestimáveis. Veja como Porto Seguro, na Bahia, obteve importantes conquistas econômicas com esse assunto. Temos o dever de levar esse debate para o âmbito da Assembleia Legislativa", destaca o deputado propositor.

IMG-20171205-WA0069

Comentários (0)

CCJ aprova modificação no estágio para pós-graduados no âmbito da PGE

Imprimir
PDF

al_estagiariospge

Em meio as 20 matérias deliberadas nesta terça-feira (10) em reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) – com 18 aprovadas, uma rejeitada e uma baixada em diligência, os deputados aprovaram o Projeto de Lei Complementar 13/2018

que dispõe sobre a Criação do Estágio para Estudantes de Pós-graduação, denominado PGE Residência, no âmbito da Procuradoria-Geral do Estado e Controladoria Geral do Estado.

Antes da votação dessa matéria, a convite da CCJ o Controlador Geral do Estado Alexandre Santos, representando a PGE prestou esclarecimentos aos integrantes da Comissão, sobre a importância da aprovação da matéria, para melhorar e agilizar o trabalho da Procuradoria Geral do Estado..

"O Programa PGE Residência vai possibilitar acelerar o trabalho de análise dos projetos. Por nosso convite, o Controlador do Estado veio prestar os esclarecimentos necessários para a discussão e votação da matéria. Alexandre Santos explicou que não haverá aumento de despesa para o Estado. A revogação de um artigo da Lei Complementar de dezembro de 2014 revoga apenas a limitação quantitativa da participação de estudantes de pós-graduação no Programa, que atualmente é de 20 estagiários para ser de acordo com o saldo orçamentário da PGE", frisa o deputado Dison Lisboa (PSD), presidente da CCJ e relator da matéria.

O relator da matéria que institui o Plano de Cargos e Remuneração para Servidores Públicos da secretaria de Estado da Tributação, deputado Albert Dickson (PROS) pediu mais uma semana de prazo para apresentar o seu relatório,

Já a matéria que trata da instituição do cadastro informativo dos créditos não quitados de órgãos e entidades estaduais (CADIN-ESTADUAL) foi rejeitada pelos deputados, acompanhando parecer do relator George Soares (PR) por considerar o assunto uma prerrogativa do Executivo.

"Essa é uma boa ideia do deputado e por isso sugiro que seja enviado um ofício ao Governo do Estado para que apresente esse Projeto", sugeriu o deputado George Soares.

Participaram da reunião os deputados Dison Lisboa, Márcia Maia (PSDB), Larissa Rosado (PSDB), Albert Dickson e George Soares.

IMG-20171205-WA0069

Comentários (0)

Assembleia presta homenagem a jornalistas nesta sexta-feira

Imprimir
PDF

al_sessaosolenejornalista

A Assembleia Legislativa presta nesta sexta-feira (6) homenagem a jornalistas com relevantes serviços prestados à sociedade potiguar . Durante a solenidade, marcada para as 9h, 24 profissionais serão agraciados com honraria entregue pela Casa, no Plenário do Legislativo Estadual.

"A sessão solene representa o reconhecimento do Poder Legislativo aos profissionais da notícia, os jornalistas do Rio Grande do Norte que fazem do seu ofício um importante instrumento de transformação social", declarou o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

Durante a sessão solene, a Assembleia Legislativa destacará o trabalho de 24 jornalistas, e prestará homenagem in memoriam ao jornalista Luís da Câmara Cascudo. O também advogado, antropólogo e historiador atuou no jornalismo nos veículos "A Imprensa", "A República" e o "Diário de Natal" e é autor de livros aclamados nacional e até internacionalmente.

Homenageados

Diassis Oliveira

Natural de Umarizal, formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Atualmente é apresentadora do Jornal do RN, da TV União, assessora de imprensa e faz participações jornalísticas em programas de rádio.

Christian Lira de Vasconcelos

Atuou como jornalista em diversas funções nos setores público e privado. Dirigiu diversas campanhas eleitorais, foi diretor do Sindicato dos Jornalistas e assessorou várias entidades sindicais. Hoje é assessor de comunicação do Sindicato dos Petroleiros e Petroleiras do RN, e também milita na área cultural, colaborando com os projetos "Narrativas do Silêncio" e "Caravana de Escritores Potiguares".

Ohara Oliveira

Advogada e jornalista com atuação pelas redações da TV Universitária, TV Câmara e Sim TV. É redatora, há nove anos, do Jornal 96, na 96 FM. Na TV Assembleia, é repórter há 10 anos, onde se especializou e atua exclusivamente na cobertura dos trabalhos parlamentares.

João Maria Medeiros

Atuou em redações da TV Cabugi e Diário de Natal. Fundador e primeiro diretor do curso de Comunicação Social da UNP. Professor substituto na UFRN nos cursos de Jornalismo e Radialismo. Atualmente é diretor da Dois.A Publicidade e nos últimos 20 anos tem atuado com Marketing Político no RN, MT e SP.

Ciro Pedroza

Jornalista, radialista e publicitário. É apresentador e comentarista de rádio, assessor de imprensa do Tribunal Regional do Trabalho e consultor de Marketing Político e Comunicação. Mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

Câmara Cascudo (in memoriam)

Historiador, antropólogo, advogado e jornalista. Começou o trabalho como jornalista aos 19 anos em "A Imprensa" e depois passou pelo "A República" e o "Diário de Natal". Nos anos 1960 já havia publicado quase 2.000 textos. Câmara Cascudo passou toda a vida em Natal e dedicou-se ao estudo da cultura brasileira.

Rafael Duarte

Repórter e editor da Agência Saiba Mais. Foi repórter no Diário de Natal, Tribuna do Norte e Novo Jornal. Além do setor privado, também atuou na imprensa sindical e na administração pública, onde foi chefe do Núcleo de Audiovisual e Novas Mídias na Funcarte e assessor de imprensa. É autor da biografia "O Homem da Feiticeira – a história de Carlos Alexandre".

Osair Vasconcelos

Acumula experiência nos jornais A República, Tribuna do Norte e Diário de Natal. Foi correspondente de O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde, Rede Globo e chefe de redação da TV Cabugi. Atuou também na Band Natal. É autor de "Encontros Passageiros com Pessoas Permanentes", "A Cidade que Ninguém Inventou", "As Pequenas Histórias" e "Humor no Conto Potiguar". Atualmente é Secretário de comunicação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Gerlane Lima

Jornalista formada pela UFRN e pós-graduada em Gestão Pública. Soma 11 anos de profissão acumulados em campos de atuação como rádio, TV, assessoria de imprensa e portal de notícia. Começou como estagiária da Oficina da Notícia, foi repórter e editora do Portal Nominuto, passando pela Rede TV, Band Natal e TV Câmara. Atualmente é apresentadora do Jornal 96 e coordenadora de Comunicação na Assembleia Legislativa.

Jean Valério

Sócio na Acarta Comunicação, diretor da Revista Negócios, comentarista político e econômico do Jornal do Dia, apresentador no Repórter 98. Foi secretário de Comunicação de Natal, Secretário da Copa do Mundo e Esportes de Natal, editor em O Jornal de Hoje e Correio da Tarde, diretor da Band e diretor de projetos editoriais e assessorias de imprensa.

Alex Viana

Já atuou no Jornal de Natal e atuou como repórter de Política, editor e colunista de O Jornal de Hoje e do JH Primeira Edição. Também passou pela TV Câmara, TV União e Rádio Cidade. Apresenta o Cidade Agora e é fundador e editor-diretor do jornal Agora RN e do Portal de Notícias Agora RN.

Ilana Albuquerque

Primeira mulher editora-chefe em uma redação de jornal impresso em Natal, o extinto Correio da Tarde. Começou como repórter do extinto Jornal de Natal, passando pela Tribuna do Norte, O Jornal de Hoje, TV Ponta Negra, TV Câmara Natal. É editora-chefe do Portal No Ar.

Felinto Rodrigues

Proprietário das rádios 98FM e 89 FM, onde atua diariamente no programa "Repórter 98". Aos 21 anos foi eleito vereador pela União Democrática Nacional e reeleito quatro anos depois.

Luan Xavier

Atuou nos jornais Diário de Natal, Novo Jornal e O Estado de São Paulo, como correspondente na Copa do Mundo FIFA 2014. Foi comentarista e apresentador na rádio CBN Natal, RedeTV! E Esporte Interativo. Autor do livro "A Bruxa", que narra a trajetória do jogador marinho Chagas, é assessor de imprensa e sócio executivo de agência de comunicação e marketing.

Ivo Freire

Foi editor de política de O Jornal de Hoje, chefe de reportagem do Jornal de Natal, repórter da Tribuna do Norte e TV Cabugi e atuou no jornalismo sindical na assessoria de imprensa do Sindicato dos Bancários do RN. Hoje dedica-se a assessoria do Governo do Estado.

Marília Rocha

Jornalista formada pela UFRN e pós-graduada em Gestão Pública já atuou nas redações do portal Nominuto, Tv Ponta Negra, Tribuna do Norte e Tv Assembleia. Também possui experiência em campanhas políticas, emissoras de rádio, agência de publicidade e assessoria de imprensa nos setores privado e público, além de classes médicas. Vencedora de três prêmios de jornalismo. Atualmente é Diretora de Comunicação Institucional da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Washington Rodrigues

Fundador da Revista Deguste, soma 18 anos de trabalho nos jornais Tribuna do Norte e Diário de Natal e na revista RN Econômico. Possui experiência na área pública como assessor de imprensa e em campanhas políticas.

Saulo Vale

Natural de Mossoró, já atuou na Gazeta do Oeste e Tv Cabo Mossoró e na assessoria de comunicação da Prefeitura de Mossoró. Atualmente apresenta o Jornal da Tarde, na Rádio Rural de Mossoró, é correspondente de rádios e mantém o blog www.saulovale.com.br.

Cledivânia Pereira

Atua como editora executiva na Tribuna do Norte e colaboradora para a Folha de São Paulo. É professora nas pós-graduações de Mídias Digitais da UnP, Estácio, Unifacex e da Pós da Escola da ALRN. Conquistou 15 prêmios de jornalismo impresso e online. Mestranda em Estudos da Mídia (UFRN), Especialista em Mídias Digitais pela UnP e em Gestão de Marcas (UFRN).

Jackson Dantas Filho

Graduado pela UFRN em Radialismo e Jornalismo, com especialização em Assessoria de Imprensa e Marketing Digital, é assessor de imprensa do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do RN e do deputado estadual Nelter Queiroz (MDB).

Mariana Vieira

Iniciou sua trajetória profissional na 95FM onde começou como redatora e apresentou um programa diário nas manhãs da rádio. Atuou também como assessora de imprensa na Câmara Municipal do Natal. Passou pelas redações da Tv Ponta Negra e Rede TV. Atualmente trabalha na Tv Assembleia e participa do programa "Meio Dia – RN" na 98fm.

Anna Karlla Fontes

Natural de Caicó, exerce há 23 anos o jornalismo. Atuou em agências de propaganda e produtoras, mas foi nas redações de jornais, incluindo a correspondência do Seridó para o extinto Diário de Natal. É servidora pública de carreira e há mais de uma década se dedica à Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa.

Emery Costa

Iniciou sua carreira em setembro de 1963, na Rádio Rural de Mossoró, deu voz aos programas Ponto por Ponto e Grande Jornal. Durante sua trajetória de mais de 50 anos no jornalismo, também atuou como colunista no jornal O Mossoroense e fez parte da equipe da rádio 93 FM. Encerrou suas atividades na Rádio Rural no dia 28 de fevereiro deste ano.

Gunther Guedes

Jornalista e assessor de imprensa, atua como coordenador de Mídias Sociais na RAF Comunicação e Marketing. É pesquisador ávido da área de mídias sociais, com foco em campanhas de performance, SEO e Analytics. Formado pela UFRN, tem pós-graduação em Publicidade e Marketing na Gestão de Marcas e é mestrando em Estudos da Mídia.

Rodrigo Rafael

Jornalista formado pela Universidade Potiguar (UnP), atua há 14 em assessoria de imprensa. Atuou também no jornalismo digital, trabalhou em campanhas políticas e teve participação na Rádio Rural de Caicó, em 2014. Está cursando Pós-Graduação em Comunicação Pública e fez cursos de especialização na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), em São Paulo. Atualmente é diretor de Representação Institucional da Assembleia Legislativa.

carto_bem_estar

Comentários (0)

Brigadeiro do Ar Medeiros recebe título de cidadão norte-riograndense

Imprimir
PDF

al_brigadeiroar

Uma das figuras mais proeminentes da Aeronáutica no Rio Grande do Norte agora é cidadã norte-rio-grandense. Concedida pela Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (9) ao Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros, a honraria coroa a trajetória de quem dedicou parte de sua vida a servir no Estado.

"Temos hoje a oportunidade de reconhecer o trabalho de quem tem relevantes serviços prestados ao nosso Estado, formando novos jovens e contribuindo para a difusão de valores baseados na ética", destacou o propositor do título, deputado estadual Vivaldo Costa (PSD).

O homenageado destacou em suas considerações que o Rio Grande do Norte está profundamente ligado à história da própria Força Aérea Brasileira, considerando-se afortunado por ser associado, agora, ao próprio contexto histórico.

"Jamais esqueceremos o compromisso que temos com a sociedade, com o passado, as tradições e a história do Rio Grande do Norte. Tenho orgulho de estar sendo homenageado com essa honraria", destacou o brigadeiro.

Natural de Montes Claros (MG), o militar ingressou na Força Aérea Brasileira em 1984, onde é atualmente comandante da Ala 10, responsável por todos os esquadrões operacionais da Região Nordeste.

banersaomiguel

Comentários (0)

Assembleia Legislativa debate em Touros potenciais do descobrimento do Brasil

Imprimir
PDF

al_tourosdebate

O debate sobre o descobrimento do Brasil voltou ao noticiário e será objeto da audiência pública "Touros, o Brasil nasceu aqui", a ser promovida pela Assembleia Legislativa na próxima quinta-feira (12), às 9h30, em Touros – município potiguar por onde, segundo os mais recentes estudos sobre o tema, o País teria sido descoberto, contrariando a versão de que o descobrimento se deu pela Bahia. A discussão é uma proposição do deputado Carlos Augusto Maia (PCdoB) e acontece na Câmara de Vereadores da cidade.

"Trata-se de uma reparação necessária ao nosso Estado. As potencialidades turísticas que podem resultar a partir desse assunto são inestimáveis. Veja como Porto Seguro, na Bahia, obteve importantes conquistas econômicas com esse assunto. Temos o dever de levar esse debate para o âmbito da Assembleia Legislativa", destaca o parlamentar.

A tese de que o Rio Grande do Norte foi o começo do Brasil já tinha ganho adeptos na década passada e voltou a ser assunto recorrente depois que o jornalista Alexandre Garcia, da Rede Globo, passou a defendê-la publicamente.

Os primeiros trabalhos sobre o assunto surgiram em 1998, quando o historiador Lenine Pinto reuniu evidências sobre o assunto no livro "A Reinvenção do Descobrimento". Agora, mais um livro reforça essa tese. A obra "1500 - De Portugal ao Saliente Potiguar", de Manoel de Oliveira Cavalcanti Neto, consolida o pensamento sobre o descobrimento no RN.

banersaomiguel

Comentários (0)