29
Jan

Investigação judicial é aberta contra Josemar Bezerra por suposto ato de compra de votos em eleição de Santa Cruz

Imprimir

josemar01

Print de conversa de Josemar com eleitor santacruzense

Uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) está investigando o ex-vereador Josemar Bezerra por suposta compra de votos para com eleitores de Santa Cruz.

Em conversas nas redes sociais, o ex-vereador estaria utilizando o espaço para tentar garantir votos juntos aos eleitores, garantindo benfeitorias futuras, como emprego na administração pública, em favor do seu candidato Péricles Rocha.

Em pints de redes sociais juntados a ação, as conversas mostram claramente a tentativa de Josemar Bezerra de convencer o eleitor, com a chance de lhe dar um emprego, em troca do apoio de sua família, afirmando que ela pode se tornar uma liderança em seu ambiente familiar.

Em outra conversa, uma eleitora questiona Josemar sobre compra de votos, afirmando em redes sociais que o ex-vereador teria comprado seu voto em troca de R$ 20,00. Em resposta, o ex-vereador não nega a situação, e afirma que ajudou a eleitora de várias formas.

Com base nestas conversas, a ação foi montada e está sob análise judicial, sendo as partes já intimadas. Entraram como réus na ação o ex-vereador Josemar Bezerra e a coligação oposicionista, já que Josemar é uma das principais lideranças que apoiam Péricles Rocha e tem trabalhado em sua candidatura, inclusive sendo delegado oficial da coligação.

A seguir, veja os prints das conversas do ex-vereador Josemar Bezerra com os eleitores em redes sociais:

josemar01

WhatsApp_Image_2019-01-29_at_13.16.14

Print da outra conversa com eleitor afirmando que Josemar já teria comprado seu voto por R$ 20,00

josemar034

josemar04

autoescolar3a1banner

Comentários (0)