Arena das Dunas recebe decisão do Matutão

Arena-das-Dunas-3-CentralCriativa

Arena das Dunas recebe o último jogo da temporada neste domingo (8). São Pedro e São Gonçalo decidem o título do Matutão, a partir das 8h30. Os portões do estádio abrem às 7h e o ingresso custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). A competição é uma promoção da Federação Norte-rio-grandense de Futebol. E a final dos 'santos', como está sendo chamada, terá dois tempos de 30 minutos. Empate no tempo normal leva a decisão para a disputa dos pênaltis. A Intertv Cabugi transmite o jogo, com narração de Freire Neto e comentários de Augusto César.

Os ingressos já estão sendo vendidos no site da Arena das Dunas - www.arenadunas.com.br - e nos seguintes pontos fixos: Gol Mania Store (Avenida Prudente de Moraes e Partage Norte Shopping) e ERK (Tirol). No dia do jogo, a Bilheteria 2 do Portão L estará aberta a partir das 6h30 para a venda de ingressos. O acesso dos torcedores será pelos portões M, P e Q.

Matutão

Após o sorteio realizado na sede da FNF, ficou definido que o segundo finalista do torneio será a seleção de São Gonçalo, que empatou nos critérios técnicos nos dois jogos da semifinal da competição com a seleção de Goianinha. A seleção de São Pedro chegou a decisão passando pela seleção de Macau por 1 a 0. O jogo da volta foi realizado no domingo (1º), no Estádio Walter Bichão. A arbitragem interrompeu o confronto aos 40 minutos do primeiro tempo, em razão de uma briga provocada pela equipe de Macau.

{BANNER}

Escola de Música da UFRN recebe Recital Isadora & Oriano neste mês

Recital_Isadora__Oriano_-_Projeto_Isadora_Rezende

A Escola de Música da UFRN recebe nos dias 18 e 19 de dezembro, a partir das 19h, o Recital Isadora & Oriano, com a pianista Isadora Rezende e também o lançamento do documentário "Quando as Nuvens Eram Nossas", de autoria do cineasta Carito Cavalcanti. Serão duas noites em homenagem ao pianista Oriano de Almeida, que prometem emocionar o público. A entrada gratuita e os ingressos podem ser retirados uma hora antes do início de cada apresentação.

O Projeto Isadora Rezende conta com o patrocínio do Programa Djalma Maranhão e do CEI Romualdo Galvão. O homenageado da noite, o pianista Oriano de Almeida nasceu em Belém, mas veio ainda criança pra Natal em 1930, quando começou a estudar piano com seu tio, o maestro Waldemar de Almeida, e desde cedo demonstrou sua destreza ao instrumento. Foi um pianista que ficou conhecido em todo o Brasil, tocou em alguns dos maiores palcos do mundo, e ganhou muitos prêmios fazendo o que mais amava: tocar piano. Além de pianista, Oriano também foi compositor, que cantou suas memórias e seus afetos, em obra que reflete sua memória afetiva, suas alegrias e sua terra. Ao longo dos anos, tornou-se uma figura importante no desenvolvimento da música e das atividades artísticas e culturais do Rio Grande do Norte. A jovem pianista Isadora descobriu e se apaixonou pelo feito de Oriano quando ainda tinha 10 anos de idade.

Lançamento do documentário "Quando as Nuvens Eram Nossas"

"Quando As Nuvens Eram Nossas" é um documentário sobre o pianista Oriano de Almeida, com direção, roteiro e fotografia de Carito Cavalcanti (Praieira Filmes). O filme é um curta-metragem (23 minutos) que traz recortes da vida e obra do artista, através de depoimentos de pessoas relacionadas a ele, como o historiador Claudio Galvão que escreveu um livro sobre Oriano intitulado "O Céu Era o Limite".

O documentário faz um resgate da memória biográfica de Oriano e busca transcender ao que está escrito em livros, valorizando a tradição oral, trazendo também muitas imagens de arquivo. Além do historiador Claudio Galvão, o filme tem ainda a participação de Diógenes da Cunha Lima (advogado, poeta e presidente da Academia Norte Rio-Grandense de Letras), Marluze Romano (pianista e aluna de Oriano), Luiza Maria Dantas (pianista e aluna de Oriano), Danilo Guanais (músico, compositor e professor da EMUFRN), Guilherme Rodrigues (pianista e professor da EMUFRN), e a participação especial da jovem pianista Isadora Rezende que conduz as entrevistas. O filme também faz um paralelo entre Oriano e Isadora. Durante vários meses o cineasta Carito Cavalcanti acompanhou Isadora Rezende nessa busca sobre a história de Oriano de Almeida, cuja pesquisa foi coordenada por Fernanda Ferreira - mãe de Isadora e produtora do "Projeto Isadora Rezende". O filme é mais uma ação do "Projeto Isadora Rezende" que também promove o recital "Isadora e Oriano".

{BANNER}

Sessão solene proposta por Coronel Azevedo homenageia 3ª Companhia Independente em Currais Novos

Sesso_solene_Currais_Novos_3

Com atuação em dez cidades da região Seridó do Rio Grande do Norte, a 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, sediada em Currais Novos, foi homenageada em sessão solene da Assembleia Legislativa nesta sexta-feira, 29, proposta pelo deputado estadual Coronel Azevedo (PSC).

A solenidade aconteceu na Câmara Municipal de Currais Novos e celebrou os 17 anos de existência da Companhia, que tem área de atuação nas cidades de Acari, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Equador, Lagoa Nova, Parelhas, Bodó, São Vicente e Santana do Seridó

Em seu pronunciamento, Coronel Azevedo destacou a atuação da 3ª CIPM. "São dezessete anos de existência com muito trabalho e dedicação em servir e proteger ao cidadão dos municípios que são cobertos pela área da Companhia", disse.

Ainda em sua fala, o parlamentar, que é ex-comandante-geral da Polícia Militar, lembrou de trabalhos realizados em conjunto com a Companhia Independente de Currais Novos à época em que esteve na Corporação.

Um dos homenageados na sessão solene, o comandante da 3ª CIPM, Major Moacir Galdino, citou algumas ações exitosas da Companhia e destacou a homenagem feita pela Assembleia Legislativa e proposta pelo deputado estadual Coronel Azevedo.

Comandante do 6º BPM, sediado em Caicó, o Tenente Coronel Walmari Costa ressaltou as atividades desenvolvidas na Companhia em Currais Novos e parabenizou a todos pelos serviços prestados à sociedade garantindo a ordem e segurança pública.

Durante a sessão solene, também serão homenageados Major Moacir Galdino, Major Albervan Cirne de Medeiros, Tenente Millend Garcia de Macedo Araújo, Soldado Moisés Correia da Costa, Soldado Luciano Guilhermino da Silva, Soldado Josivan Batista, Soldado Adaildo Benedito dos Santos, Soldado Jean Carlo da Silva Dantas, Soldado José Maurício Pereira, Sargento Ezequiel Pereira Pereira da Silva Neto, Sargento Ausônio Talis Félix de Lima, Sargento José Laurentino de Souza, Sargento Jorinaldo de Souza, Sargento José Pereira da Silva Júnior, Sargento Willamy Alves de Souza, Sargento Daniel Gomes de Medeiros, Sargento Emanuel Messias Cavalcante, Sargento Magnus Kelly de Medeiros Ferino, Sargento Jacildo Ferreira de Oliveira, Cabo Luiz Valmir Dantas, Cabo Aderlan Medeiros da Silva, Soldado Francimário Oliveira Araújo, Soldado Emanuel Ricelly Medeiros Nicolau, Soldado Madson Denis Cortez, e Soldado José Vagner de Lucena Costa.

{BANNER}

Simpósio reúne neurocientistas de várias partes do mundo

45534234614_0f966b4241_b

O Instituto do Cérebro (ICe) da UFRN reúne, na próxima semana, pesquisadores nacionais e internacionais para discutir os últimos avanços e desdobramentos de suas pesquisas e trocar experiências sobre as neurociências. O House Symposium, que está em sua 5ª edição, será aberto nesta segunda-feira, 2, às 14h, pela diretora do Instituto, neurocientista Kerstin Schmidt, e segue até quarta-feira, dia 4, com palestras e apresentações entre às 9h e 17h. Tendo como língua oficial o inglês, o evento é aberto a todos os públicos, mas as inscrições para apresentações já estão encerradas.

Todos os anos, a atividade atrai pesquisadores de toda a região e de outras partes do mundo interessados em conhecer as pesquisas desenvolvidas nos laboratórios do Instituto. Neste ano, segundo o neurocientista Adriano Tort, membro da coordenação, pelo menos um terço dos participantes são de outras instituições e países. Uma comitiva de 10 pesquisadores da Universidade de Uppsala, da Suécia, virá participar das atividades, sendo um deles o Professor Klas Kullander, responsável por ministrar a palestra de encerramento.

"Tivemos 176 inscritos para o evento deste ano, dos quais cerca da metade é diretamente vinculada ao ICe. Da outra metade, a maioria é formada por membros da comunidade acadêmica da própria UFRN, e uma pequena parte vem de outros estados. No entanto, em termos de palestrantes, há muitos convidados externos neste ano. Cerca de um terço das palestras será ministrada por pesquisadores de fora da UFRN", reforça Adriano.

O House Symposium não tem um foco específico. Como nos anos anteriores, será apresentada uma gama de resultados em diversas áreas das neurociências, desde pesquisas básicas, realizadas em níveis moleculares e celulares, até pesquisas aplicadas em seres humanos. As palestras foram agrupadas em cinco módulos temáticos.

{BANNER}

Finep atribui avaliação positiva a projetos e obras da UFRN

finep-2

Visando a promoção do desenvolvimento socioeconômico por meio da ciência, tecnologia e inovação, o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, se reuniu com o analista técnico da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Fernando Vieira da Cunha, na tarde desta quinta-feira, 28, no Gabinete do Reitor. O representante da empresa financiadora fez um balanço positivo sobre as visitas técnicas realizadas durante a semana aos projetos da instituição de ensino.

Para Fernando Cunha, a avaliação das visitas às obras foi bastante positiva, devido ao empenho da universidade em concluir tudo que se propõe a fazer. Ainda conforme o analista, a forma como a UFRN conduz seus projetos é exemplar, se comparado a outras instituições. "O objetivo da visita foi conhecer de perto o que apoiamos, tanto as pesquisas como as obras, para verificar o que avançou e quais as principais dificuldades no que foi financiado", explica após visitar 12 obras, entre elas o edifício de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, o Laboratório de Sistemas Complexos, além de construções das Biociências e da Meteorologia.

O reitor Daniel Diniz agradeceu a visita e o balanço positivo relatado pelo analista da Finep, atribuindo o sucesso à equipe da UFRN, que vem trabalhando de forma dedicada e com espírito de coletividade. "Temos uma equipe muito empenhada, que sabe superar as adversidades e aproveitar as oportunidades. Dessa forma, há um esforço coletivo para acompanhar todos os projetos, pensando no crescimento da instituição", considera.

Participaram ainda da reunião o diretor da Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec), André Maitelli, a pró-reitora de Pesquisa, Sibele Pergher, e o superintendente de Infraestrutura da UFRN, Luiz Pedro de Araújo.

{BANNER}

HUOL investirá R$ 1 mi em unidade de oncologia

Foto_Divulgao_2

O Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), investirá R$ 1.027.299,32 num novo espaço para a sua Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), ampliando a capacidade do serviço e tornando a estrutura mais eficiente, moderna e confortável para pacientes e profissionais de saúde. O contrato da obra foi assinado este mês e os recursos são provenientes do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), do Ministério da Educação.

De acordo com o chefe da Oncologia do HUOL, Elio Barreto, o impacto na assistência será o benefício mais importante, pois "além de aumentar a capacidade de atendimentos ambulatoriais e tratamentos quimioterápicos, o projeto irá liberar 6 leitos adicionais, ampliando a disponibilidade de internações", explica.

O gestor ainda acrescenta que as doenças e agravos não transmissíveis são a principal causa de adoecimento e morte da população, sendo o câncer a segunda causa mais prevalente desses óbitos. "O INCA estima 600 mil casos novos/ano em 2018 e 2019 no país. Até 2040, é estimada uma ampliação de casos em quase 80% e aumento da mortalidade em torno de 95,5%. E isso ocorre diariamente! Então, é indispensável que os serviços de saúde se fortaleçam e ampliem suas ofertas, pois há uma avalanche oncológica diante dessa terrível perspectiva de dobrar o número de mortes".

A gerente administrativa, Zilmar Fernandes, destaca que a governança do hospital vem acompanhando os indicadores de crescimento dos casos de câncer. "A Unacon reiteradamente nos transmite dados da necessidade de ampliação da área de atendimento, de modo que nos mobilizamos para viabilizar essa demanda".

"O projeto é fruto da soma de forças de diversas áreas, tanto assistenciais quanto administrativas. A Ebserh sede teve papel fundamental na contratação, pois foi a via do apoio financeiro, entendendo prontamente a necessidade prioritária e estratégica da ação no âmbito do HUOL", encerrou Zilmar.

O prazo de entrega da estrutura é de 6 meses, sendo a AC Engenharia Ltda responsável pela reforma e a Arplan Engenharia Térmica encarregada da climatização.

{BANNER}

BNB e Sebrae assinam acordo que beneficia micro e pequenas empresas, com aval do Ministério da Economia

Acordo_foi_assinado_no_Gabinete_da_Presidncia_do_BNB

O Banco do Nordeste e o Sebrae assinaram acordo de cooperação técnica nesta sexta-feira, 22, com o objetivo de fortalecer os micro e pequenos empreendedores (MPE) da região Nordeste e norte dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Participaram da solenidade o presidente do BNB, Romildo Rolim; o diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Eduardo Diogo; e o secretário do Desenvolvimento, Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene.

Os empreendedores de cerca de 2 mil municípios na área de atuação do BNB serão atendidos por meio de ações coordenadas entre Banco e Sebrae, envolvendo capacitação gerencial e ampliação do acesso ao crédito. Além disso, o acordo prevê soluções de educação financeira, realização de pesquisas conjuntas com segmentos de varejo e de eventos negociais e institucionais.

O secretário do Desenvolvimento, Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene, destacou a importância da parceria. "O Nordeste tem tradição empreendedora. Então é natural que os esforços do Sebrae, aquele que mais entende do micro e pequeno empreendedor e do MEI, sejam somados ao trabalho do Banco do Nordeste, que tem um papel de facilitador do acesso ao crédito para promover o desenvolvimento desses pequenos negócios."

Para o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Eduardo Diogo, o acordo integrará ações das duas instituições. "Vamos dividir espaços físicos, compartilhar os estudos e pesquisas, criar um grande fórum anual para discutir o desenvolvimento do Nordeste", afirmou.

O presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, destacou que a parceria celebra convergência de missões. "O Sebrae fazendo seu papel antecedente ao crédito e o Banco ofertando crédito de forma sustentável. Assim, contribuímos para a perpetuidade das empresas. Queremos ser não apenas financiadores, mas também consultores das micro e pequenas empresas. E a gente não faz um trabalho desses sem parcerias. Por isso que estamos efetivando esse acordo, para cumprirmos nossa missão com mais qualidade, com mais assertividade e atendendo melhor os nossos clientes", disse Romildo.

Além da diretoria do Banco do Nordeste e de superintendentes da área de microcrédito e MPE, também estiveram presentes na solenidade o diretor superintendente do Sebrae da Bahia, Jorge Khoury, os diretores de Administração e Finanças do Sebrae do Ceará e do Piauí, Airton Gonçalves e Júlio César Filho, a gerente do Sebrae de Pernambuco, Catarina Valentin, e o presidente da Federação Cearense das Micro e Pequenas Empresas (Fecempe), Edivaldo Nunes. Representantes das superintendências estaduais do BNB e representantes do Sebrae nos demais estados acompanharam o evento por videoconferência.

{BANNER}

Exposição chama atenção para o Rio Potengi

Estrela-Santos_Jos-de-Paiva-Rebouas-3

Perceber o rio. Essa é a proposta da exposição Confluências, organizada pela professora Estrela Santos, em exposição na Galeria Deart do Departamento de Artes da UFRN, que segue até sexta-feira, 22. Diversas instalações dispostas na sala levam o visitante a um passeio visual e sensorial no principal manancial de Natal, responsável pela origem da cidade e pelo nome do Estado.

A ideia é fazer as pessoas olharem para o rio com o máximo de olhares possíveis, sobretudo o afetivo. Em uma das experiências, a pessoa venda os olhos e põe a mão em caixas nas quais estão a representação dos extratos encontrados no rio. A design gráfica Jéssica Mendes experimentou a sensação e viveu três momentos distintos, medo, asco e alívio ao sentir a fluidez da água entre seus dedos. "Quando chegou na água, deu até vontade de tomar banho.", brincou.

Residente na Zona Norte, Jéssica atravessa o rio todos os dias, contudo, confessa que nem sempre presta atenção. Mas ela não é a única. A maioria das pessoas que passa pela exposição traz a mesma confissão, não por desprezo, mas pela naturalidade de estar no mesmo espaço.

Em outra sala, vídeos ampliam essa possibilidade de proximidade com o objeto observado. Imagens fortes mostram a preocupação com o alto índice de suicídios na ponte Newton Navarro. Em outras produções, a ideia de aprisionamento, de abandono e do grito inaudível do próprio espírito do rio pedindo ajuda.

Segundo Estrela, o objetivo da exposição é dar visibilidade a essa relação com os elementos naturais da cidade que muitas vezes são esquecidos, como se não fizessem mais parte de nossa história, apesar de estar em nosso dia a dia. "As pessoas não só param de ver, mas também não existem muitas políticas públicas que dão visibilidade ou que cuidam desses bens para que a comunidade se sinta conectada. É um trabalho que vai contando as narrativas, as experiências vividas nesse manancial", acrescenta.

A exposição surgiu da ideia de usar o mesmo tema para trabalhar três disciplinas. Corpo e Espaço, com performances; Produção tridimensional II, com instalações e construção de objetos; e Tópicos em arte contemporânea II, na qual foi realizada a reflexão sobre a expansão do rio para além do geográfico.

Pelo menos duas referências foram base para a proposta: o projeto Margens, de Guilherme Wisnik, que usa os rios do Brasil como ponto de partida para produções artísticas, e o artigo do professor Rubenilson Teixeira, que relaciona o Rio Potengi com a cidade de Natal.

Faz parte da ideia questionar a relação dos rios com os centros urbanos, já que muitos desses mananciais fazem parte da fotografia geográfica, embora, por vezes, não apareçam, pois ali estão apenas como um cenário da cidade. "Existem maneiras de entrar em contato com o rio, mas, muitas vezes, ou por causa do crescimento da cidade, isso não acontece", reforça Estrela.

{BANNER}

No RN, Senac forma mais de dois mil alunos em cursos gratuitos pelo PSG

Marcelo-Queiroz-entrega-diploma-a-aluna-do-PSG-Empresa.-750x499

Cerca de 200 profissionais capacitados gratuitamente pelo Sistema Fecomércio RN, através do Senac, participaram de solenidade de formatura, na manhã desta terça-feira, 19, no auditório do Hotel-Escola Senac Barreira Roxa.

Os profissionais foram beneficiados pelo Programa Senac de Gratuidade (PSG), na modalidade PSG Empresa, iniciativa desenvolvida pelo Sistema Fecomercio RN a partir das demandas captadas juntos aos empresários potiguares. O evento reuniu alunos oriundos de Natal, Macaíba e São Gonçalo do Amarante. Eles foram capacitados com cursos de Auxiliar de Cozinha; Camareira em Meios de Hospedagem; Cuidador de Idoso; Operador de Telemarketing; Técnicas para Cozinheiro; Recepcionista em Meios de Hospedagem e Vendedor.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, prestigiou a cerimônia e enfatizou os resultados que a parceria trouxe para o município. "Temos a preocupação de estar sempre investindo na qualificação profissional. Somente este ano, através de parcerias com o Senac e outras instituições, foram mais de mil jovens que passaram por capacitações, em parcerias que colaboram para o desenvolvimento do nosso município", disse o prefeito.

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, destacou a contribuição que o programa tem oferecido ao mercado, atendendo demandas da classe empresarial.

"O PSG Empresa é mais um formato que encontramos de alinhar as expectativas das empresas e a otimização do potencial dos profissionais que capacitamos ou qualificamos. Desta forma, nós amplificamos o já reconhecido nível de excelência do Senac como formador de mão de obra e damos uma contribuição efetiva para o mercado. Até dezembro, estamos capacitando quase 2.100 profissionais em 14 municípios potiguares. Trata-se de um programa de grande abrangência e eficácia", afirmou Marcelo Queiroz.

As atividades do PSG Empresa começaram no mês de agosto. Ao todo, serão cerca de 80 turmas até o mês de dezembro, entregando ao mercado profissionais capacitados distribuídos em 15 cursos diferentes.

{BANNER}

Alunos de escolas privadas são destaque na Olimpíada de Matemática do Estado do RN

Alunos_premiados_na_OMRN

Mais uma vez os colégios CEI Mirassol e o CEI Zona Sul foram destaque em olimpíadas científicas. No geral onze alunos das instituições foram premiados durante a cerimônia do resultado final da Olimpíada de Matemática do Estado do RN (OMRN), realizada na UFRN (anfiteatro B do CCET), em que foi ressaltada a importância da competição e o reconhecimento às escolas e professores que ensinam a disciplina de Matemática com empenho e dedicação.

A estudante Sara Torquato Reyes, aluna do colégio CEI Mirassol, recebeu medalha de ouro e afirma que o seu destaque como medalhista é resultado de uma intensa preparação a que se submeteu para participar da olimpíada. "Foram aulas extras ocorridas no CEI, além do incentivo da escola e do auxílio dos professores, tirando dúvidas e estimulando a buscar o meu melhor", explicou.

Para a professora Jéssica Damasceno, responsável pela disciplina de matemática, é gratificante ver os alunos atingindo os seus objetivos e avançando no conhecimento. "Sabemos que ter disciplina, concentração, rotina de estudos não é fácil, mas a dedicação é essencial para o sucesso. Sara é um grande exemplo disso", afirma Jéssica.

A Competição de Matemática do Estado do Rio Grande do Norte é uma disputa entre os jovens, de caráter intelectual, um torneio onde as armas dos participantes são a inteligência, a criatividade, a imaginação e a disciplina mental. Durante a Olimpíada, os estudantes são divididos, conforme o ano que cursam na sua escola, em três níveis. Em cada nível, a competição consiste em duas ou mais provas, pelas quais o aluno demonstra a sua capacidade na resolução de problemas. Os alunos olímpicos premiados em seus respectivos níveis foram:

– Nível I – Ensino Fundamental – 6ª e 7ª séries;

Livia de Albuquerque Bezerra (CEI ZONA SUL), Bruna Karina Santos Candido (CEI MIRASSOL) e Carmem Graciana Guedes Graciano (CEI ZONA SUL)

– Nível II – Ensino Fundamental – 8ª e 9ª séries;

Sara Torquato Reyes (CEI MIRASSOL), Nícolas Cavalcanti de Araújo Lima (CEI MIRASSOL), Renato Lörli (CEI MIRASSOL), Danilo Guedes de Andrade Ricarte (CEI MIRASSOL) e Pedro Oliveros Santarem (CEI MIRASSOL).

– Nível III – Ensino Médio;

Miguel Inácio Silva Gomes (CEI MIRASSOL), Luciano Rodrigues da Silva Filho (CEI MIRASSOL) e Lucas Muller Régis de Oliveira (CEI ZONA SUL).

{BANNER}

Login Form